Siga nossa Redes

Sem categoria

Votuporanga e Fernandópolis estão entre as melhores cidades do país para envelhecer, diz FGV

Redação

Publicado

em

Votuporanga e Fernandópolis estão entre as melhores cidades do país para envelhecer, diz FGV

Boa colocação é resultado de alguns serviços oferecidos gratuitamente aos moradores.

Votuporanga (SP) e Fernandópolis (SP) estão entre as melhores cidades do país para envelhecer, segundo pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A boa colocação é resultado de alguns serviços oferecidos gratuitamente aos moradores.

A pesquisa foi feita em mais de 340 cidades brasileiras e no ranking da FGV, Fernandópolis é a quarta melhor cidade para envelhecer no país e Votuporanga, a sexta. Entre os índices avaliados estão saúde, cultura, educação e bem-estar.

A dona de casa Sueli Stegun, de 65 anos, mudou de São Paulo para Fernandópolis após se aposentar e está feliz com a troca. Com mais tempo livre e rotina bem mais tranquila, descobriu o gosto pelas artes. “Nunca imaginei que ia fazer o que faço hoje, que ia ser uma atriz de teatro, que ia ser percussionista, que tocaria instrumento e cantaria.”

Ela participa da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) de Fernandópolis e diz que não teria essa vida na capital. “Em São Paulo não teria essa vida. Falo que aqui é outro planeta, outra vida. Aqui tem paz, tranquilidade, um ritimo diferente.”

Assim como Sueli, o aposentado Darsonval Batista Nogueira, de 82 anos, faz exercícios físicos na Unati e se sente renovado. Ele afirma que os exercícios fazem bem para o corpo, para a mente e para o espírito.

O aposentado Marion Carmelengo Chavez, de 69 anos, diz que ele participa de grupos de dança, bordado, coral. “A gente canta, tem bastante atividade”, comenta.

A sede da Unati é considerada um tipo de casa da avó: aconchegante, cheia de histórias de vida e ainda tem doces com toque especial para receber as visitas.

A fundadora da Unati, Maria José Pessuto, diz que é importante o idoso se manter ativo. “Eles precisam reinventar a vida. Se cuidar e prevenir tudo o que puder, não podemos deixar a saúde de lado”, diz.

O aposentado José Carlos Ribeiro, que mora em Votuporanga, ressalta que o importante é ser feliz. “Fazer o que a gente gosta, cuidar da esposa, das flores e do jardim”, afirma.

mais lidas