Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Viagem longa do Palmeiras é mais um passo para Felipão reforçar nova “família Scolari”

Publicado

em

Viagem longa do Palmeiras é mais um passo para Felipão reforçar nova "família Scolari"

Verdão viaja nesta terça-feira para o Chile e fica 10 dias fora; retorno é só no próximo dia 27

A “família Scolari” virou um símbolo do técnico Luiz Felipe Scolari na conquista da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002. Neste ano, em sua terceira passagem pelo Palmeiras, o treinador terá uma grande oportunidade de estreitar ainda mais o vínculo com o elenco palmeirense.

Isso porque o Palmeiras ficará dez dias longe de São Paulo devido aos próximos três compromissos fora de casa:

  • A delegação viaja nesta terça-feira para Santiago, no Chile, onde enfrenta o Colo-Colo, na quinta, pelas quartas de final da Libertadores;
  • Logo depois, sairá de Santiago em direção ao Recife, onde enfrenta o Sport, no domingo, pelo Brasileiro;
  • Por fim, encerra sua maratona em Belo Horizonte, onde enfrenta o Cruzeiro, na outra quarta (26), pela semifinal da Copa do Brasil.

    O tempo longe de casa não será uma novidade para os jogadores, que viveram uma situação parecida durante a parada para a Copa do Mundo. Na ocasião, eles fizeram uma excursão pela América Central, iniciando no Panamá e encerrando na Costa Rica.

    A duração da viagem, que ainda tinha Roger Machado como comandante do Verdão, foi a mesma que Felipão terá agora (10 dias). Ao fim do período, criou-se um laço forte de amizade entre os atletas.

    Felipão já declarou que está satisfeito com o que o time vem apresentando dentro de campo, mas ainda precisa trabalhar questões fora das quatro linhas. Essa sua preocupação pode ser sanada durante a maratona de jogos e viagens.

    – Sinceramente, eu preciso ajustar alguns procedimentos do nosso time. Não do futebol, fora do futebol. Minha função é essa agora. Dentro de campo está tudo organizado com nossa comissão, centro de pesquisa dando condições. Ainda preciso ajustar algumas situações que não são de dentro de campo, e é isso que me preocupa, porque sem cabeça boa não conquista títulos – disse o treinador após a vitória no clássico diante do Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

    Felipão sabe utilizar bem a seu favor esse espírito de união. Diversos jogadores já relataram o clima saudável que o experiente técnico levou para o clube.

    E ele pode ficar ainda melhor se o Palmeiras voltar com bons resultados nas três competições. A sequência será decisiva para traçar o destino do Verdão no ano

mais lidas