Siga nossa Redes

Política

Vereador de SP protocola pedido para vacinação prioritária para o setor de mobilidade da cidade

spadmin

Publicado

em

Vereador de SP protocola pedido para vacinação prioritária para o setor de mobilidade da cidade

Vereador de SP protocola pedido para vacinação prioritária para o setor de mobilidade da cidade

Vereador de SP protocola pedido para vacinação prioritária para o setor de mobilidade da cidade
Na última sexta feira (15), o vereador Marlon Luz (PATRIOTA) protocolou junto ao munícipio e ao estado de São Paulo um pedido para prioridade no calendário de vacinação da COVID-19, no ofício apresentado o vereador baseia seu pedido citando que este setor específico da cidade, mesmo no auge da pandemia manteve suas operações para o funcionamento da mesma e com isso milhares de profissionais colocaram suas vidas em risco.

O pedido pede prioridade de vacinação para profissionais do setor de transporte de ônibus, metrô, trens, motoristas de aplicativos, motofretistas de aplicativos e taxistas.

Assim como especificado no pedido, no ano de 2020 os sistemas de metrô e trens transportaram uma média de 102 milhões de passageiros por mês, segundo a Secretaria de Transportes Metropolitanos. Ônibus municipais transportaram uma média de 127 milhões de passageiros por mês, dados informados pela SPtrans. Táxis e aplicativos de transporte foram essenciais e tiveram sua demanda aumentada devido ao uso da população para evitar aglomerações, e por fim, aplicativos de entrega tiveram um aumento na demanda em até 40%.

Em resposta à reportagem o vereador Marlon Luz salienta a importância na prioridade da vacinação nesse setor que prestam serviços essenciais para população garantindo a mobilidade de milhões de munícipes, pois esta é uma categoria que está mais vulnerável tanto para a contaminação quanto contágio. Marlon ainda comenta que espera que a vacinação ocorra o mais rápido possível para toda à população e que o pedido feito também é uma forma de proteger as demais faixas populacionais da cidade de São Paulo.

Segundo a assessoria do vereador tanto o Estado quanto o Município ainda não deram uma devolutiva no pedido realizado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

mais lidas