Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Vendedores de panos ‘somem’ após denúncia de esquema da ‘Máfia dos Semáforos’ em Rio Preto

Publicado

em

Vendedores de panos 'somem' após denúncia de esquema da 'Máfia dos Semáforos' em Rio Preto

Após reportagem exibida pela TV TEM, vendedores ambulantes não foram vistos em pontos para a venda irregular do produto

Os vendedores ambulantes de panos desapareceram dos cruzamentos das principais avenidas de São José do Rio Preto (SP) depois que a TV TEM denunciou o esquema da “Máfia dos Semáforos” em uma reportagem exibida no telejornal na terça-feira (26). O Ministério Público do Trabalho abriu um inquérito para apurar o caso.

Nesta quarta-feira (27), um dos cruzamentos da Avenida Bady Bassitt amanheceu sem qualquer vendedor de pano de chão.

Em outro cruzamento da Avenida Alberto Andaló não foi diferente e a equipe de reportagem da TV TEM encontrou apenas um homem que realizava serviço de panfletagem regularizado pela prefeitura.

Cruzamento da Avenida Bady Bassit em Rio Preto não tinha vendedores nesta quarta-feira (Foto: Reprodução/TV TEM)

Cruzamento da Avenida Bady Bassit em Rio Preto não tinha vendedores nesta quarta-feira (Foto: Reprodução/TV TEM)

Um comerciante que não quis se identificar é proprietário de um estabelecimento próximo do ponto onde os vendedores ambulantes ficam. Segundo o homem, desde a tarde de terça-feira, nenhum outro vendedor foi encontrado no local.

Denúncia

Durante a apuração, um produtor da TV TEM se mostrou interessado na venda dos panos e, em uma conversa com um homem que se apresentou como Vagner, descobriu que o esquema envolve pessoas com pouco estudo e que perderam o emprego.

Elas são recrutadas para vender panos de chão em cruzamentos movimentados de ruas e avenidas. Na gravação feita pela TV TEM, Vagner, que se apresentou como responsável pela prática, disse que um vendedor é ameaçado caso tente trabalhar em um ponto fixo de outra pessoa.

Nós te quebra no pau (sic) e aí a fiscalização vem logo em seguida em você. Cada um aqui respeita o ponto do outro. Eu tenho oito pontos.

Segundo apuração, Vagner envia pessoas para trabalhar em outras cinco cidades do interior do estado: Araçatuba, Birigui, Andradina, Presidente Prudente e Ribeirão Preto.

Nesta terça-feira, depois que a reportagem foi exibida, Vagner procurou a redação da emissora para dar uma entrevista, mas depois mudou de ideia.

Pontos de venda seriam de um homem de Rio Preto; locais seriam 'exclusivos' (Foto: Reprodução/TV TEM)

Pontos de venda seriam de um homem de Rio Preto; locais seriam ‘exclusivos’ (Foto: Reprodução/TV TEM)

Durante a apuração da TV TEM, o homem comentou sobre o funcionamento. “São pessoas que não tinham serviço, eles compram o pano de mim e vendem durante o dia. Eles compram e revendem. O horário quem faz é o ambulante. Se quiser trabalhar duas horas ele trabalhar duas horas”, afirma.

Homem que disse ser dono dos pontos paga 25% da venda aos ambulantes (Foto: Reprodução/TV TEM)

Homem que disse ser dono dos pontos paga 25% da venda aos ambulantes (Foto: Reprodução/TV TEM)

mais lidas