Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Veja seis jogadores que ainda buscam espaço com Rogério Ceni no São Paulo

Publicado

em

Veja seis jogadores que ainda buscam espaço com Rogério Ceni no São Paulo

Bruno Alves é principal nome que vem jogando pouco; Eder também aguarda mais chances

As primeiras semanas de trabalho de Rogério Ceni serviram para afastar o São Paulo da zona de rebaixamento e a traçar um panorama do elenco para a reta final da temporada. Nomes importantes, tanto pelo passado no clube quanto pelo prestígio de carreira, ainda buscam espaço com o novo treinador, que assumiu o time na reta final de 2021.

Talvez os nomes mais importantes se concentrem em Bruno Alves e Eder. O zagueiro, que foi destaque individual pelo São Paulo e titular incontestável nos anos anteriores, perdeu terreno com a chegada de Miranda e o crescimento de Léo. Já o atacante, de trajetória importante na Europa, ainda não embalou com a camisa tricolor.

Ceni e o elenco ainda possuem nove jogos pela frente no Campeonato Brasileiro. Além de credenciar o time para brigar por uma vaga à Libertadores, o período final da temporada pode mudar o contexto deste grupo de jogadores abaixo, agora sob o comando de um novo treinador.

Jogadores têm menos de dez jogos para mostrar serviço a Rogério Ceni — Foto: Marcos Ribolli

Jogadores têm menos de dez jogos para mostrar serviço a Rogério Ceni — Foto: Marcos Ribolli

Bruno Alves

 

Depois do auge em 2019, com direito à premiação individual no Paulistão, Bruno Alves vive uma temporada bem abaixo em 2021. O experiente zagueiro de 30 anos perdeu espaço ainda com Hernán Crespo e segue diante do mesmo cenário com Rogério Ceni.

Bruno Alves não é titular desde 12 de setembro, quando atuou os 90 minutos na derrota por 2 a 1 para o Fluminense. Desde então foram apenas 13 minutos em campo pelo Tricolor: 10 contra o Atlético-GO e 3 diante do Internacional no domingo, na única atuação com Ceni.

Antigo titular, Bruno Alves se tornou alternativa para a zaga em 2021 — Foto: Erico Leonan/saopaulofc

Antigo titular, Bruno Alves se tornou alternativa para a zaga em 2021 — Foto: Erico Leonan/saopaulofc

Eder

 

Contratado para ser alternativa ofensiva importante, Eder soma menos de 20 minutos com Rogério Ceni. O veterano, que entrou no fim diante do Internacional, atualmente se encontra atrás de Calleri, Rigoni, Luciano, Pablo e até do jovem Marquinhos, de função diferente, na hierarquia do novo trabalho.

Desde a chance como titular na eliminação da Copa do Brasil para o Fortaleza, o camisa 23 entrou apenas quatro vezes em campo, em um espaço de dez jogos. Eder não balança as redes desde 16 de junho, no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, no Morumbi.

Aos 12 min do 1º tempo – gol de cabeça de Éder do São Paulo contra a Chapecoense

Fora a oportunidade de começar o duelo contra a Chape, no returno, Eder atuou mais 18 minutos (sem acréscimos), se somadas as participações nos jogos contra Ceará, Bragantino e Internacional. As últimas três, já sob o comando de Rogério Ceni. Aguarda mais chances.

Gabriel

 

Contratado na atual temporada sob a aprovação de Hernán Crespo, Gabriel ainda não convenceu Rogério Ceni. Com o novo treinador, o uruguaio atuou por apenas 45 minutos, quando substituiu Benítez na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians.

Nem mesmo a lesão de Luan, desfalque desde o início da era Ceni, assegurou espaço para o camisa 15. Gabriel ainda busca a primeira oportunidade como titular do São Paulo, mas, com a consolidação também de Liziero, o cenário parece difícil neste fim de 2021.

O uruguaio soma apenas cinco jogos desde a chegada ao São Paulo, ocorrida no início do mês de setembro.

Gabriel ainda não foi titular desde a chegada ao São Paulo — Foto: Fellipe Lucena/saopaulofc

Gabriel ainda não foi titular desde a chegada ao São Paulo — Foto: Fellipe Lucena/saopaulofc

Vitor Bueno

 

Experimentado como centroavante por Crespo, Vitor Bueno também soma poucos minutos com o novo treinador. Nos quatro jogos sob o comando de Ceni, o camisa 12 atuou diante de Ceará e Bragantino, partidas nas quais somou 43 minutos no total.

Vitor Bueno durante treino do São Paulo — Foto: Erico Leonan / saopaulofc

Vitor Bueno durante treino do São Paulo — Foto: Erico Leonan / saopaulofc

Rojas

 

Após renovar o contrato em maio, depois da conquista do Paulistão, o atacante perdeu espaço no São Paulo e não balança as redes desde o mesmo mês, quando deixou sua marca na vitória contra o Sporting Cristal, ainda pela fase de grupos da Libertadores.

Com Rogério Ceni, sequer entrou em campo nos quatro jogos do treinador. O futuro está em xeque, e o camisa 7 deve seguir com pouco espaço até o fim da temporada diante do contexto atual. Marquinhos, da base, ocupa essa lacuna dentro do elenco.

Rojas tem atuado pouco desde a renovação de contrato — Foto: Erico Leonan / saopaulofc

Rojas tem atuado pouco desde a renovação de contrato — Foto: Erico Leonan / saopaulofc

Shaylon

 

O meio-campista atuou pouco na temporada e ainda aguarda a primeira oportunidade sob o comando de Rogério Ceni. Com nove jogos em 2021, Shaylon não atua desde 19 de setembro, quando reforçou o São Paulo já nos minutos finais do jogo contra o Atlético-GO.

Foi a única aparição do meia desde o fim de maio e começo de junho, quando embalou cinco partidas seguidas ainda sob o comando de Hernán Crespo. O atual cenário não sugere uma mudança até a reta final de disputa do Brasileirão.

Shaylon atuou em nove jogos na temporada. — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Shaylon atuou em nove jogos na temporada. — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

.

 

 

.

 

 

.

 

 

Globo Esporte

mais lidas