Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

UFC 263: Deiveson Figueiredo diz que sabia não ser seu dia: “Não tive um corte de peso saudável”

Publicado

em

UFC 263: Deiveson Figueiredo diz que sabia não ser seu dia: "Não tive um corte de peso saudável"

Ex-campeão peso-mosca revelou ter saído do hotel para a luta com uma sensação muito ruim, mas pede trilogia com Moreno: “Eu só quero quatro meses para treinar e buscar o meu cinturão”

Finalizado por Brandon Moreno no terceiro round do co-evento principal do UFC 263, o brasileiro Deiveson Figueiredo perdeu o cinturão peso-mosca para o mexicano no último sábado, em Phoenix (EUA). Em entrevista exclusiva ao Combate após a luta, o atleta revelou que o corte de peso foi um dos fatores que mais o prejudicaram antes da disputa.

– Realmente foi o corte de peso. Eu não tive um corte de peso saudável, foi muito difícil bater o peso, mas eu consegui. Só que, mesmo assim, não tive o rendimento adequado que era pra ter hoje dentro do octógono. Mas eu vou voltar pra casa e vou treinar. Eu perdi a primeira vez, depois venci cinco lutas seguidas. Vocês podem ter certeza, vou treinar, vou vencer e vou levar essa felicidade de volta pro Brasil. Vocês escrevam o que eu tô falando.

O paraense disse que estava com uma sensação muito ruim na saída do hotel para a arena, e deixou pública a sua vontade de uma trilogia com o agora campeão Moreno porque, na sua opinião, ele venceu a primeira luta (que foi julgada empate pelos juízes laterais após ele perder um ponto durante a luta).

– Eu saí com uma sensação muito ruim do hotel. Eu sabia que não era o meu dia, mas eu entreguei nas mãos de Deus, e indo pro octógono eu disse: “Senhor, seja feita a sua vontade”. Eu entrei ali, não lutei realmente como eu sou e eu quero muito, de imediato pedir, a revanche pro Dana, e espero ser atendido, até porque a primeira luta eu venci e mesmo assim tiraram um ponto meu e decidiram empatar pra dar a segunda luta. E agora eu quero a trilogia. Ele pegou meu cinturão, a primeira eu venci e vamos fazer essa terceira luta agora pra tirar o tira-teima.

Deiveson Figueiredo cumprimenta Brandon Moreno após a vitória do mexicano no UFC 263 — Foto: Getty Images

Deiveson Figueiredo cumprimenta Brandon Moreno após a vitória do mexicano no UFC 263 — Foto: Getty Images

Figueiredo, no entanto, não deixou de parabenizar o mexicano pela vitória.

– Ele está de parabéns, a noite foi dele. Ele com certeza treinou muito bem pra essa luta e hoje não foi meu dia. Mas eu quero a trilogia, eu quero que essa luta aconteça. Agora eu quero só voltar pra casa e treinar de novo certinho, pra realmente mostrar quem eu sou, o verdadeiro dono do cinturão. Eu só quero quatro meses, é o tempo que eu vou me estabilizar. Minha academia está em mudança, tudo isso é um processo que meio que atrapalhou meu treino, mas agora quero voltar, deixar tudo certinho e poder conquistar o cinturão de novo.

Confira os resultados do evento:

CARD PRINCIPAL
Israel Adesanya venceu Marvin Vettori por decisão unânime (triplo 50-45)
Brandon Moreno venceu Deiveson Figueiredo por finalização aos 2m26s do R3
Leon Edwards venceu Nate Diaz por decisão unânime (triplo 49-46)
Belal Muhammad venceu Demian Maia por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Paul Craig venceu Jamahal Hill por nocaute técnico a 1m59s do R1

CARD PRELIMINAR
Brad Riddell venceu Drew Dober por decisão unânime (triplo 29-28)
Eryk Anders venceu Darren Stewart por decisão unânime (29-28, 29-27 e 29-27)
Lauren Murphy venceu Joanne Calderwood por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Movsar Evloev venceu Hakeem Dawodu por decisão unânime (triplo 29-27)
Pannie Kianzad venceu Alexis Davis por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Terrance McKinney venceu Matt Frevola por nocaute aos 7s do R1
Steven Peterson venceu Chase Hooper por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Fares Ziam venceu Luigi Vendramini por decisão majoritária (29-28, 29-28 e 28-28)
Carlos Boi venceu Jake Collier por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas