Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Mundo

Ucrânia pode abandonar intenção de integrar Otan, diz embaixador

Publicado

em

Ucrânia pode abandonar intenção de integrar Otan, diz embaixador

Objetivo seria evitar confronto militar com a Rússia

A Ucrânia pode abandonar a intenção de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) para evitar confronto militar com a Rússia, disse hoje (14) o embaixador ucraniano no Reino Unido, Vadym Prystaiko.Ucrânia pode abandonar intenção de integrar Otan, diz embaixadorUcrânia pode abandonar intenção de integrar Otan, diz embaixador

Em declaração à BBC, o embaixador afirmou que seu país seria “flexível” quanto ao objetivo de ingressar na Aliança Atlântica, acrescentando que a Ucrânia é um país “responsável”, após o presidente russo, Vladimir Putin, ameaçar entrar em conflito armado.

“Podemos (não aderir), especialmente se ameaçados assim, intimidados assim”, respondeu Prystaiko à pergunta se Kiev mudaria a posição de integrar a Otan.

A Ucrânia não é membro da Aliança Atlântica, mas manifestou interesse em entrar na organização militar ocidental, decisão vista como linha vermelha para o Kremlin.

A tensão entre Kiev e Moscou aumentou desde novembro passado, depois de a Rússia ter enviado mais de 100 mil soldados para região próxima à fronteira ucraniana, o que fez disparar alarmes na Ucrânia e no Ocidente, que denunciou  preparativos para invasão da ex-república soviética.

Em dezembro, a Rússia exigiu garantias de segurança obrigatórias dos Estados Unidos e da Otan para impedir que a Aliança Atlântica se expandisse mais para o leste e implantasse armas ofensivas perto de suas fronteiras.

Moscou escreveu recentemente carta a todos os países-membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (Osce), pedindo que se posicionassem sobre o que entendem por segurança indivisível na Europa.

Apesar dos esforços diplomáticos, a diminuição da escalada militar e da tensão não foi alcançada até agora.

A Rússia alega que tem o direito soberano de estacionar tropas em qualquer lugar de seu território e, por sua vez, denuncia o fornecimento massivo de armas à Ucrânia pelo Ocidente.

.

.

.

.

.

RTP

mais lidas