Destaque Principal Polícia

Traficantes prometem matar quem filmou líder do tráfico com fuzis em baile funk

Redação
Escrito por Redação

Líder do tráfico da Rocinha emitiu comunicado nas redes sociais ameaçando matar o responsável pelo vídeo que gravou um grupo de 22 traficantes desfilando com fuzis em um baile funk

” Quem gravou os cria no baile , assinou contrato com a morte bglh (bagulho) não vai ficar assim, e será proibido gravar nos baile da rocinha , ASS: EQUIPE BRAVO”, diz o comunicado dos traficantes da Rocinha reproduzido no Twitter e em outras redes sociais.

A ameaça pública de morte foi feita após a repercurssão de um vídeo nas redes sociais em que o líder do tráfico de drogas da favela da Rocinha, John Wallace da Silva Viana, o Johny Bravo, de 32 anos, aparece cercado por 22 traficantes fortemente armados com fuzis, metralhadoras e pistolas.

“Quem gravou a equipe do Bravo na Rocinha vai morrer pprt (papo reto), quem tava no lado de quem tava gravando vai ser caçado pra falar como a pessoa era tendeu. Ass: Diretoria”, reitera a ameaça.

O vídeo foi grava no último final de semana em um baile funk da comunidade. O chefe do tráfico aparece sem camisa cercado pelos traficantes, enquanto frequentadores do baile observam o desfile armado.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro afirma manter investigações constantes e monitoramentos das ações do tráfico nas favelas. O Disque Denúncia oferece uma recompensa de R$ 1 mil para quem fornecer informações que colaborem com a prisão de Johny Bravo. Os interessados podem fazer a denúncia de forma anônima pelos canais:

. WhatsApp ou Telegram do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
. Disque Denúncia: (21) 2253-1177
. Facebook/(inbox): www.facebook.com/procurados.org
. Aplicativo “Disque Denúncia RJ”

.

.

.

iG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: