Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Tóquio realiza evento-teste do atletismo e usa até robô

Publicado

em

Tóquio realiza evento-teste do atletismo e usa até robô

Competição teve 420 atletas, apenas nove de fora do Japão, entre eles o campeão olímpico Justin Gatlin

Sem público, com 420 atletas, sendo apenas nove de fora do Japão – entre eles o americano Justin Gatlin, campeão olímpico em Atenas 2004 – Tóquio realizou, nesta madrugada, o evento-teste do atletismo no Estádio Olímpico, que vai receber as cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas. Até agora, em 11 eventos organizados desde o mês passado, quando os testes em instalações foram retomados, nenhum caso positivo para Covid foi registrado.

Neste domingo, Tóquio teve 1.032 casos do novo coronavírus detectados na capital. Pelo segundo dia seguido, a cidade-sede olímpica ultrapassou mil casos num dia. Na sexta-feira, Yoshihide Suga, primeiro-ministro, anunciou que o estado de emergência, previsto para acabar no dia 11 de maio, foi estendido até o fim do mês.

O objetivo dos eventos, além de testar as instalações, é cumprir as medidas sanitárias que serão adotadas durante as Olimpíadas de Tóquio, em julho. Dos 11 eventos-teste desde abril, quatro incluíram atletas fora do Japão: vôlei, saltos ornamentais, maratona e agora o de atletismo.

Mil pessoas trabalharam no evento-teste neste domingo, todas usando máscaras. Um robô foi usado nas provas de lançamento de disco, retornando a peça aos atletas para reduzir contato com alguém da organização. O espaço destinado aos jornalistas tinha isolamento de pelo menos dois metros em relação aos atletas na hora da entrevistas.

No lado de fora do Estádio Olímpico, manifestantes protestaram contra a realização dos Jogos Olímpicos. Nesta semana, ume petição pedindo o cancelamento das Olimpíadas, em apenas dois dias, reuniu 187 mil assinaturas.

Mesmo assim, o presidente da World Athletics, entidade que comanda o atletismo mundial, Sebastian Coe, destacou o cuidado com o evento.

– Reconhecemos que a comunidade ao redor do mundo está inevitavelmente nervosa em relação a muitas coisas sobre a Covid. Levamos essas preocupações muito a sério. Os protocolos, especialmente os que a World Athletics tem estabelecido desde o último ano e meio por meio de suas equipes de ciência e saúde são extremamente bons e puderam entregar um evento-teste seguro – disse o dirigente, bicampeão olímpico nos 1.500m em Moscou 1980 e Los Angeles 1984.

Atletas apoiaram os Jogos durante o evento-teste.

– As pessoas estão preocupadas com a vinda de estrangeiros para o Japão quando temos variantes de espalhando. Mas, como atleta, quero a realização das Olimpíadas com atletas de fora competindo normalmente – disse a japonesa Suzuha Kobari, que correu os 100m.

Justin Gatlin vence os 100m no evento-teste — Foto: Reuters/Kim Kyung-Hoon

Justin Gatlin vence os 100m no evento-teste — Foto: Reuters/Kim Kyung-Hoon

O evento-teste foi dividido em sessões pela manhã e noite, no horário do Japão. A parte matutina teve provas como arremesso de peso masculino, salto triplo feminino e 200m feminino. À noite, salto com vara, salto em altura, lançamento de dardo e 100m, com vitória de Gatlin.

.

.

.

Fonte: Ge – Globo Esporte.

mais lidas