Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Teddy Riner perde para líder do ranking e só tem chances de bronze

Publicado

em

Teddy Riner perde para líder do ranking e só tem chances de bronze

O francês Teddy Riner, decacampeão mundial e grande nome das Olimpíadas de Tóquio 2020, perdeu nas quartas de final para o russo Tamerlam Bashaev, após sofrer um golpe no golden score. Atual bicampeão olímpico, ele perdeu a chance do tri e poderá ainda conseguir o bronze. Em sessão a partir das 5h (horário de Brasília) desta sexta-feira, ele terá como primeiro adversário na repescagem o brasileiro Rafael Silva, que perdeu para o georgiano Guram Tushishvilinas nas quartas de final.

Teddy Riner em derrota para Tamerlan Bashaev na categoria acima de 100kg do judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Sergio Perez

Teddy Riner em derrota para Tamerlan Bashaev na categoria acima de 100kg do judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Sergio Perez

O ginásio não pode receber torcedores, por conta da restrição da Covid-19, mas o barulho que técnicos e dirigentes faziam era muito grande. Todos os olhos estavam voltados para esse combate, que poderia ser até mesmo uma final antecipada. Após muito estudo dos dois lados, o russo sofreu uma punição com dois minutos de luta.

Faltando dez segundos para o fim, Riner tentou uma entrada e quase conseguiu jogar o russo, que se dependeu bem. Ali, russo conseguiu um lindo golpe no golden score e derrotou o francês

Riner é considerado, por muitos, o maior judoca da história. Em Olimpíadas, tem o bronze em Pequim 2008 quando tinha apenas 19 anos, além dos ouros em Londres 2012 e Rio 2016. Quando o assunto é Campeonatos Mundiais, são dez títulos entre 2007 e 2017.

Nos últimos anos, o francês tem feito poucos torneios e, por isso, não chegou nem como cabeça de chave nas Olimpíadas. Ele competiu, antes das Olimpíadas, somente o suficiente para conseguir pontos para a classificação olímpica no ranking.

Teddy Riner aplica ippon em Stephan Hegyi no judô das Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: Chris Graythen/Getty Images

Teddy Riner aplica ippon em Stephan Hegyi no judô das Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: Chris Graythen/Getty Images

A invencibilidade durou de 2010 até o início de 2020 quando, antes da pandemia, foi derrotado pelo japonês Kokoro Kageura, que sequer está classificado para Tóquio.

Os principais adversários dele na chave de 2021 são Tamerlan Bashaev, do Comitê Olímpico Russo, Guram Tushishvili , da Geórgia, Hisayoshi Harasawa, do Japão, e o tcheco Lukaš Krpálek.

A campanha

 

Teddy Riner antes da estreia no judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Annegret Hilse

Teddy Riner antes da estreia no judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Annegret Hilse

A luta foi logo a primeira do dia, para abrir a programação diante do austríaco Stephan Hegyi. Riner começou apático, com o austríaco indo para cima, tentando dar a primeira entrada. O combate seguiu equilibrado, com 1min30s o austríaco tentou uma outra entrada, novamente defendida pelo francês. Com dois minutos, porém, veio o Ippon de Rinner, em um belo golpe.

Após um minuto de muito estudo, Riner tentou aplicar a primeira técnica, mas não rendeu pontuação. Na sequência, foi a vez de Sasson tentar uma entrada, mas o francês conseguiu se defender bem. Na sequência, porém, Riner conseguiu, em uma técnica de sacrifício, jogar o israelense no chão, conseguindo um waza-ari. Depois, o israelense tentou algumas entradas, mas não conseguiu empatar a luta.

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas