Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Sydney entra no radar e pode receber tenistas não vacinados antes do Australian Open

Publicado

em

Sydney entra no radar e pode receber tenistas não vacinados antes do Australian Open

Cidade passa a ser uma possibilidade diante do imbróglio com o Estado de Victoria; ministro do turismo vê com bons olhos sediar torneios preparatórios para o Slam australiano, como a ATP Cup

Com a polêmica envolvendo a obrigatoriedade da vacinação por parte do Estado de Victoria, onde fica Melbourne, sede do Australian Open, e os tenistas do circuito, a organização do torneio passou a buscar alternativas para que os não vacinados, em número cada vez menor, possam jogar no país. A principal possibilidade agora para a Federação de Tênis da Austrália (Tennis Australia) passou a ser a cidade de Sydney.

Djokovic em ação na ATP Cup 2020 em Sydney — Foto:  Cameron Spencer/Getty Images

Djokovic em ação na ATP Cup 2020 em Sydney — Foto: Cameron Spencer/Getty Images

Ministro do turismo de Nova Gales do Sul, que tem Sydney como capital, Stuart Ayres disse que seria muito importante do ponto de vista econômico receber também os torneios preparatórios para o primeiro Grand Slam da temporada, como a ATP Cup.

– Eventos esportivos marcantes como a ATP Cup são importantes para NSW pelo impulso significativo que proporcionam à economia de visitantes ao nosso estado. A ATP Cup atrai os melhores jogadores de tênis do mundo, dirigentes e seus apoiadores para a área da Grande Sydney – disse.

Entretanto, mesmo podendo viajar para Sydney antes de ir para Melbourne, os tenistas não vacinados precisariam passar por uma quarentena de 14 dias no hotel, podendo sair apenas para treinar e competir nesses torneios de preparação. Após completarem as duas semanas, eles seriam liberados para se juntar aos atletas imunizados e voar até o Estado de Victoria.

Sydney foi uma das sedes da ATP Cup 2020 — Foto: Matt King/Getty Images

Sydney foi uma das sedes da ATP Cup 2020 — Foto: Matt King/Getty Images

Kyrgios sugere cancelamento

 

Conhecido por declarações polêmicas ao longo de sua jovem carreira, Nick Kyrgios deixou claro seu posicionamento com relação ao impacto que a realização do Australian Open pode ter diante das pessoas de Victoria e de todo o país, que vem sofrendo bastante com as quarentenas impostas desde o início da pandemia, já que a Austrália apostou no isolamento quando necessário – o que deu certo ao longo da proliferação da Covid ao redor do mundo -, mas apresentou atraso na compra de vacinas.

Kyrgios, que se retirou do restante da temporada atual para se preparar para o Aberto da Austrália, manifestou sua opinião durante entrevista do podcast No Boundaries. De acordo com o australiano, atualmente na 90ª posição do ranking da ATP, o torneio deveria ser cancelado.

– Não acho que o Australian Open deva acontecer em respeito às pessoas em Melbourne, você tem que enviar uma mensagem. Quanto tempo eles enfrentaram de bloqueio, 275 dias ou algo assim? – questionou o tenista.

Nick Kyrgios tem o Australian Open como um de seus torneios favoritos — Foto:  Cameron Spencer /Getty Images

Nick Kyrgios tem o Australian Open como um de seus torneios favoritos — Foto: Cameron Spencer /Getty Images

.

 

.

 

.

 

Globo Esporte

mais lidas