Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Surto de Covid-19 na Inglaterra pode frustrar Barcelona e outros clubes interessados por Cavani

Publicado

em

Surto de Covid-19 na Inglaterra pode frustrar Barcelona e outros clubes interessados por Cavani

Manchester United não pretende negociar veterano uruguaio com medo de enfraquecer o elenco

Embora sonhe em contratar o jovem prodígio norueguês Erling Haaland, o Barcelona mira outros nomes para reforçar o ataque. Um deles é o de Edinson Cavani, que segundo a imprensa espanhola já teria acertado as bases com o clube catalão por um contrato de um ano e meio. No entanto, a tarefa de tirar o uruguaio do Manchester United não será fácil.

Também especulado no Corinthians e Boca Juniors, Cavani, de 34 anos, não será liberado facilmente pelo United. O motivo principal é a novo surto de Covid-19 no futebol inglês. O clube teve muitos problemas com infecções e não quer perder jogadores porque a temporada vai ser muito longa e vai precisar de reservas à altura.

Cavani tem contrato com o Manchester United até o meio de 2022 — Foto: Getty Images

Cavani tem contrato com o Manchester United até o meio de 2022 — Foto: Getty Images

Segundo Gerard Romero, influente jornalista espanhol, o Barcelona ofereceu um ano e meio de contrato a Cavani. Nos primeiros seis meses, ele receberia 3,5 milhões de euros de salário, além de mais 1 milhão de euros em variáveis. Na temporada 2022/23, o salário ficaria em 4 milhões de euros mais 1,5 milhões em bônus.

Depois de ser uma peça importante no elenco do United na temporada passada, participando de 39 jogos com 17 gols, Cavani acabou relegado à reserva com a chegada de Cristiano Ronaldo. Além de “tomar” a camisa 7 do uruguaio, o astro português se tornou o homem-gol do time imediatamente e pouco foi utilizado ao lado de Cavani.

Aos 34 anos, o uruguaio jogou apenas oito partidas na temporada 2021/22 até agora e marcou apenas um gol. Com isso, a imprensa inglesa começou a cogitar sua saída ainda no meio da temporada, em janeiro, e o Barcelona surgiu como uma opção justamente por seus problemas com a posição de centroavante no atual elenco.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas