Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

SNCT 2021: ministro Marcos Pontes fala sobre iniciação científica

Publicado

em

SNCT 2021: ministro Marcos Pontes fala sobre iniciação científica

Evento ocorre até o dia 10 de dezembro com palestras e apresentações

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, falou hoje (6) sobre as principais atrações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2021. Em entrevista ao programa A Voz do Brasil – que tem um estúdio especial montado na feira -, Pontes falou sobre a divulgação científica no Brasil e as atividades e inovações tecnológicas desenvolvidas no ministério.SNCT 2021: ministro Marcos Pontes fala sobre iniciação científicaSNCT 2021: ministro Marcos Pontes fala sobre iniciação científica

Sobre a pandemia de covid-19, o ministro informou que o programa Rede Vírus – Comitê que reúne especialistas, representantes de governo, agências de fomento do ministério, centros de pesquisa e universidades com o objetivo de integrar iniciativas em combate a viroses emergentes – montou uma exposição que informa os visitantes sobre todas as iniciativas brasileiras de combate à pandemia. De testes de diagnóstico à produção de vacinas e ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs), os profissionais presentes na SNCT explicam detalhes de como as tecnologias trazidas para o Brasil foram aproveitadas e adaptadas, e como o país pretende se colocar como exportador de vacinas até 2022.

O ministro falou ainda sobre as atividades e oficinas lúdicas da SNCT 2021, que foram formuladas para atrair a atenção de crianças e adolescentes e instigar a curiosidade científica “Atividades lúdicas pegam desde o pequeninho até os adultos. Temos oficinas de computação, de robótica. Precisamos transformar o conhecimento em notas fiscais. Como essas coisas [ciência e tecnologia] se transformarão em trabalho, emprego e oportunidades. E aqui temos muitas soluções interessantes”, disse.

.

.

.

.

Agência Brasil

mais lidas