Dia a Dia

Secretaria de Esporte do Estado deve autorizar a retomada do paraquedismo

Redação SP
Escrito por Redação SP
Após reunião com Secretário de Esporte, Aildo Ferreira, a Federação Paulista de Paraquedismo se mostra otimista com a retomada das atividades.

 

Por Andressa Zafalon

 

A Federação Paulista de Paraquedismo se reuniu com o Secretário Estadual de Esporte, Aildo Rodrigues Ferreira, para discutir sobre a possível retomada das atividades de paraquedismo no município de Boituva. A reunião, feita por teleconferência, teve a participação do Secretário, do presidente da Federação, Marcelo de Andrade Batista, e do Diretor Jurídico, também da Federeção, Marcelo Sartori.

 

Essas atividades estão paradas desde o começo da pandemia, ou seja, em meados de março e, até o momento, somente foi aberto um final de semana para uma atividade experimental. Boituva possui a maior área de paraquedismo da América Latina e a segunda maior do mundo. Por final de semana mais de 2 mil saltos são realizados e diversos cursos ministrados, o que acaba movimentando a economia da cidade e atraindo pessoas do mundo inteiro.

 

Marcelo de Andrade Batista, presidente da Federação, explica o quão importante é esta retormada. “Mais de 200 famílias dependem das atividades e do salário do Centro Nacional de Boituva, além disso, é importante para que os atletas mantenham a percepção do equilíbrio sensorial e motor, indispensáveis para a segurança do esporte”.

 

Para o secretário, Aildo Rodrigues Ferreira, o paraquedismo pode sim ser considerado um esporte de baixo risco de contágio. “Classificamos o esporte em 8 categorias que poderão ser liberadas de acordo com a fase que a região está. No caso do paraquedismo, é um esporte muito específico, difícil até de comparar com outros esportes. Mas, é um esporte ao ar livre, sem contato físico, por isso, entendo que possa ser praticado a partir da fase laranja”.

 

Marcelo Sartori, Diretor Jurídico da Federação, encaminhou um documento  à Secretaria de Esporte, contendo todo o protocolo de segurança e prevenção contra o COVID-19 elaborado pela Federação, já que na semana que vem haverá um decreto do governador que reclassificará os esportes que poderão voltar a ser praticados e em quais condições isso vai acontecer. Boituva está na fase laranja e  o que se propõe é manter todas as medidas exigidas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), inclusive higienizando os espaços públicos.

Sobre o autor

Redação SP

Redação SP

%d blogueiros gostam disto: