Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Santos goleia Cruzeiro na Vila Belmiro

Publicado

em

Santos goleia Cruzeiro na Vila Belmiro

O próximo duelo do alvinegro praiano pelo certame nacional será contra a equipe do Fortaleza

O Santos Futebol Clube recebeu a equipe do Cruzeiro na noite deste sábado (23), na Vila Belmiro, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu pelo placar de 4 a 1. Os gols santistas foram marcados por Eduardo Sasha, Marinho, Diego Pituca e Soteldo. Na semana em que o gol 1000 do Rei Pelé completou 50 anos, o venezuelano, com o 3º em cima do Cruzeiro, honrou a sagrada camisa 10 e marcou também o gol 1000 do Santos FC na era de pontos corridos do Brasileirão – algo inédito e histórico no Campeonato.

Com o resultado, o Peixe chegou aos 68 pontos no Brasileirão e garantiu matematicamente sua vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2020. O próximo duelo do alvinegro praiano pelo certame nacional será contra a equipe do Fortaleza, na quinta-feira (28), fora de casa.

O jogo – A partida começou agitada na Vila Belmiro. Com as duas equipes construindo jogadas no meio de campo, a primeira certeira acabou saindo dos pés do Peixe: Carlos Sánchez, que ao longo do jogo teria atuação inspirada, lançou para Eduardo Sasha, que até conseguiu desviar, mas parou em Fábio. Quando o Santos FC conseguia mostrar superioridade diante do Cruzeiro, um balde de água fria: Orejuela recebeu de Thiago Neves aos 13 minutos e finalizou de forma certeira para o gol. O Peixe não se abateu e seguiu exercendo pressão em cima do Cruzeiro, até ser recompensado dez minutos depois: Evandro recebeu de Sánchez, achou Sasha sem marcação e tocou para o artilheiro anotar mais uma no Brasileiro.

A partir da igualdade no marcador, só deu Peixe na partida. Aos 26′ Carlos Sánchez recebeu pelo alto de Gustavo Henrique e bateu pra fora. Dois minutos depois, Soteldo aproveitou chance criada por Evandro e bateu rasteiro, passando perto da virada. Perto do final do primeiro tempo, Gustavo Henrique aproveitou boa cobrança de falta de Sánchez e cabeceou a gol, mas a arbitragem flagrou irregularidade em seu posicionamento.

A segunda etapa começou com mais chances para o lado alvinegro. Marinho descolou boa jogada pela direita aos 8 minutos, mas Sánchez, no ato da finalização, acabou interceptado por Cacá. No lance seguinte, um golaço: Marinho passou por dois marcadores do Cruzeiro, limpou para a esquerda e chutou sem chances para Fábio. Minutos depois, Evandro tentou aproveitar cobrança de falta de Carlos Sánchez, mas nenhuma cabeça a empurrou para as redes.

Aos 19 minutos, um gol histórico na Vila Belmiro: após uma semana de comemorações em homenagem aos 50 anos do gol 1000 do Rei Pelé, o venezuelano honrou a coroa e o número de sua camisa e anotou o milésimo tento do Peixe na era de pontos corridos do Campeonato Brasileiro, iniciada no ano de 2003. Carlos Sánchez, dono de grande atuação, foi quem deu a assistência, após passe de Marinho. Após a história feita, o alvinegro praiano basicamente administrou o resultado favorável pelos minutos seguintes, sem dar brechas para a equipe celeste diminuir.

Perto do final da partida, debaixo de muita chuva, o futuro papai Diego Pituca ainda teve tempo de aproveitar mais uma boa bola de Evandro para anotar o quarto do Peixe e dar números finais ao marcador.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 4 x 1 Cruzeiro

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP);

Data: sábado, 23 de novembro de 2019;

Horário: 21h (de Brasília);

Cartões Amarelos: Egídio (CRU), Gustavo Henrique (SAN), Marinho (SAN);

Gols: Orejuela (13′ 1ºT), Eduardo Sasha (22′ 1ºT), Marinho (2′ 2ºT), Soteldo (19′ 2ºT), Diego Pituca (44′ 2ºT);

SANTOS FC: Everson, Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Felipe Jonatan (Luan Peres), Alison, Carlos Sánchez, Evandro, Marinho, Eduardo Sasha (Pituca), Soteldo (Kaio Jorge). Técnico: Jorge Sampaoli.

Cruzeiro: Fábio, Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno, Egídio, Henrique, Ederson, Robinho (Ezequiel), Thiago Neves (Marquinhos Gabriel), David, Sassá (Joel). Técnico: Abel Braga.

 

Por Santos FC Oficial

mais lidas