Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Santa Casa de Auriflama contabiliza prejuízos após paciente destruir pronto-socorro em ataque de fúria

Publicado

em

Santa Casa de Auriflama contabiliza prejuízos após paciente destruir pronto-socorro em ataque de fúria

Polícia procura pelo suspeito, que fugiu após o ataque. Ampolas de medicamentos de alto custo foram destruídas.

A Santa Casa de Auriflama (SP) contabiliza o prejuízo que terá depois que um homem teve um ataque de fúria no pronto-socorro e quebrou móveis e equipamentos do local. O fato aconteceu na madrugada desta quarta-feira (26) e a polícia procura o suspeito.

Por causa dos estragos, os atendimentos ficaram suspensos durante praticamente todo dia, voltando a funcionar durante a tarde. Como muitos aparelhos, móveis e medicamentos foram destruídos, agora o trabalho da provedoria é para contabilizar os prejuízos.

“Situação já não era boa e agora com essa situação se agrava, temos o prejuízo material, além do mal estar, os enfermeiros e médicos ficam abalados. Seria necessário um segurança, só que no momento não podemos contratar um, não posso aumentar mais a folha de pagamento”, afirma a provedora Gláucia Procópio.

Segundo a diretoria da Santa Casa, até ampolas de medicamentos de alto custo foram destruídas. Testemunhas disseram que o homem estava visivelmente alterado.

A polícia ainda não conseguiu prender o homem que teve o ataque de fúria. Ele teve um surto durante o atendimento, fugiu logo depois, e a polícia suspeita que ele ainda agrediu e roubou uma mulher na rua. Armários, telefone, computador, agulhas, tudo foi parar no chão depois do ato de fúria. “Creio que ele ia me dar um golpe, depois ele entrou na sala de triagem derrubando tudo, destruindo tudo, armário, foi quando a gente saiu correndo”, afirma a técnica de enfermagem Silvana Martins.

Segundo o delegado Pedro Menegetti Martins, que investiga o caso, o homem ainda teria cometido outro crime depois de destruir parte do pronto-socorro. “Há suspeita dele junto a namorada encontraram uma mulher na rua, agrediram, subtraindo dinheiro dela, que já caracteriza outro crime”, afirma.

Medicamentos foram quebrados no ataque (Foto: Reprodução/TV TEM)

Medicamentos foram quebrados no ataque (Foto: Reprodução/TV TEM)

mais lidas