Destaque Principal Geral

Samu gasta R$ 15 mil para chegar ao local do resgate e descobre que era trote

Redação
Escrito por Redação

Equipe do Samu havia recebido pedido de resgate para um motorista que teria sofrido acidente grave, mas ao chegar no local não encontrou nada

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ( Samu ) de Maringá, no Paraná, gastou R$ 15 mil reais e voou 80 km de helicóptero para realizar um resgate em uma área de difícil acesso, nesta segunda (27). Mas ao chegar ao local, descobriu que o pedido de ajuda era um trote.

Eles haviam recebido uma ligação relatando um suposto acidente de moto em Paranacity, cidade vizinha, em que o motorista havia se ferido gravemente, com muito sangue e trauma na cabeça. “A pessoa que ligou explicou que era um local ermo e que, por isso, não tinha como chamar outra forma de resgate”, explicou ao UOL o diretor do Samu da cidade, Wellington Antonio de Souza.

Durante o voo de helicóptero, a equipe tentou ligar outra vez para o número que havia feito a denúncia, mas não obteve sucesso. Ao chegar ao local, descobriu que nenhum acidente havia ocorrido. Os funcionários do Samu realizaram um boletim de ocorrência e o responsável pelo trote está sendo investigado pela autoridade local.

 

 

iG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: