Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Salários e desacordo sobre parceria fazem Corinthians devolver zagueiro ao Náutico

Publicado

em

Salários e desacordo sobre parceria fazem Corinthians devolver zagueiro ao Náutico

Carlão, de 20 anos, passou menos de três meses em São Paulo e retornou ao Timbu

Três meses depois de anunciada pela diretoria do Náutico, a parceria com o Corinthians chegou ao fim com uma ruptura: o zagueiro Carlão, que havia sido emprestado para o sub-20 do Timão, foi reintegrado ao elenco do Timbu para a disputa da Série B do Brasileirão.

Os desdobramentos que levaram a essa decisão começaram em março, quando o Timão conseguiu o empréstimo do jogador de 20 anos para o seu time sub-20.

Segundo Ari Barros, executivo de futebol do Náutico, houve um acordo com a antiga diretoria de base para que o Corinthians enviasse como contrapartida dois jogadores ainda nesta temporada e mais dois na próxima. E com um detalhe: com todos os salários pagos pelo próprio Corinthians. O Timão diz, em sua defesa, que o acordo nunca foi costurado desta forma.

Nos últimos dias, o Náutico teve recusada a solicitação de empréstimo do lateral-direito Igor Formiga, titular da equipe sub-23 do Timão que estreou o Brasileirão de Aspirantes na última semana.

– Carlão tinha mais 60 dias de contrato e, para renovar, queria ser liberado para um empréstimo com o Corinthians. Aceitamos, mas fizemos um acordo que Corinthians ia nos ceder dois atletas em 2021 e dois em 2022 com salários pagos por eles. Não estipulamos teto de salário, mas o acordo estava certo. Pedi isso documentado, mas Alessandro Nunes me disse que não tinha como documentar, mas que eu poderia ficar tranquilo. Foi dada a palavra – explicou o dirigente.

– Tivemos interesse de fato no Formiga, não por precisar de um lateral-direito, mas para prevalecer a parceria, para dar uma satisfação ao nosso torcedor e à minha diretoria pelo combinado. Mas Alessandro disse que não poderiam mais liberar atletas pagando salário, que as coisas mudaram. O Náutico também é um clube grande. Não podemos aceitar uma parceria de palavra, no fio do bigode, não ser cumprida. Palavra vale mais que assinatura – reclamou o dirigente.

Diante do imbróglio, a diretoria do Corinthians colocou a opção de Carlão retornar ao Náutico. O jogador participou apenas de amistosos no time júnior com o técnico Tarcísio Pugliese.

Procurado pelo ge, o gerente de futebol Alessandro Nunes disse que defendeu os interesses do Corinthians após um acordo feito por ex-dirigentes da base, mas que ele não considerou factível de acontecer. Carlão tinha os salários pagos de forma integral pelo Timão.

– O Corinthians não viu nenhuma vantagem em emprestar Igor Formiga, da categoria de transição, nem desportivamente e muito menos comercialmente. O Náutico fez uma proposta simples de empréstimo, sem se responsabilizar pelos vencimentos dele. Sendo assim, entendendo que isso não condiz com uma parceria, o atleta segue na importante categoria sub-23 – disse Alessandro.

Carlão é cria das escolinhas de futebol do Náutico, aonde chegou com 10. Fez toda a base do Timbu, passando por sub-15, sub-17 e sub-20. Em 2019, ainda com 17 anos, passou dois meses cedido ao Fluminense, mas não permaneceu nas Laranjeiras por questões familiares.

O empréstimo ao Corinthians tinha um valor de compra fixado para a aquisição de 60% dos direitos econômicos dele. De volta, Carlão já foi registrado na CBF novamente como jogador do Náutico.

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas