Siga nossa Redes

Esportes

Rony se aproxima de melhor ano da carreira e vira peça-chave do Palmeiras em decisãoRony se aproxima de melhor ano da carreira e vira peça-chave do Palmeiras em decisão

esportes

Publicado

em

Rony se aproxima de melhor ano da carreira e vira peça-chave do Palmeiras em decisãoRony se aproxima de melhor ano da carreira e vira peça-chave do Palmeiras em decisão

Atacante vive fase goleadora e se aproxima de marca alcançada no ano passado com o Athletico

O golaço anotado contra o Bahia no último sábado fez Rony mirar o recorde pessoal de gols marcados em uma só temporada dentro da elite do futebol nacional. Em um 2020 de altos e baixos no Palmeiras, o atacante agora é um dos principais nomes do ataque para a partida decisiva contra o Libertad, nesta terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, pelas quartas de final da Libertadores.

Depois do empate por 1 a 1 no jogo de ida, em Assunção, o Verdão pode empatar por 0 a 0 para ir à semifinal. Nova igualdade por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. Empate por dois ou mais gols, dá a classificação ao time paraguaio. Quem vencer, obviamente, avança.

Ao balançar as redes na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, Rony chegou a sete gols na temporada, em 36 partidas pelo Palmeiras. O número se aproxima dos nove em 49 jogos pelo Athletico de 2019, justamente o ano de projeção do atacante e do título da Copa do Brasil.

O retrospecto com o Furacão só não supera o ano de 2016 de Rony. Quando defendeu o Náutico, o atacante marcou 14 gols, 11 deles na disputa da Série B do Brasileirão.

Rony tem sido um dos destaques do Palmeiras na Copa Libertadores da América — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Rony tem sido um dos destaques do Palmeiras na Copa Libertadores da América — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

 

Portanto, enfrentando apenas time da elite do futebol brasileiro, o desempenho no Furacão foi o melhor, embora esteja próximo de ser superado pelo 2020 do atacante no Verdão.

O rendimento de Rony cresceu desde a chegada de Abel Ferreira. O perfil de trabalho do treinador português deixou o atacante mais confortável dentro do elenco. E há um reflexo evidente nos números desde então.

Nas últimas quatro aparições de Rony em campo, foram quatro gols. Em todos, o jogador executou uma diferente função para suprir a ausência de Luiz Adriano, ainda fora por lesão.

Em vez de atuar aberto por um dos lados e explorar os corredores, como majoritariamente fez na carreira e brilhou no Athletico, o camisa 11 tem atuado centralizado nas últimas partidas, inclusive com a companhia de Willian, como no jogo de sábado.

Na Libertadores, o rendimento ainda sobe. Rony é o jogador com maior participação em gols. Dos 26 anotados na competição pelo Palmeiras, o camisa 11 participou diretamente de nove, com três bolas nas redes e seis assistências para companheiros.

Assim, Rony se estabeleceu como peça importante do ataque palmeirense no momento mais crítico da temporada. Diante das lesões, da pandemia de Covid-19 e dos duelos decisivos, o camisa 11 entra para o jogo decisivo contra o Libertad como um dos destaques do Palmeiras.

A vaga na semifinal passa por uma boa exibição do camisa 11.

.

.

.

GE – Globo Esporte

Publicidade

mais lidas