Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Roberto Castello Branco aceita convite para presidir Petrobras

Publicado

em

Roberto Castello Branco aceita convite para presidir Petrobras

Economista foi indicado pelo futuro ministro Paulo Guedes e deve substituir Ivan Monteiro.

 

A assessoria do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta segunda-feira (19) que o economista Roberto Castello Branco aceitou o convite para presidir a Petrobras no governo de Jair Bolsonaro.

Castello Branco tem pós-doutorado pela Universidade de Chicago e ocupou cargos de direção no Banco Central e na mineradora Vale. Passou pelo Conselho de Administração da Petrobras e é diretor no Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ao longo da campanha presidencial, o economista esteve próximo de Bolsonaro e faz parte da equipe de transição.

Castello Branco deve substituir o atual presidente da estatal, Ivan Monteiro, que permanece no cargo até a nomeação do economista.

Monteiro assumiu a Petrobras em junho com a saída de Pedro Parente. Atualmente no comando da BRF, o executivo deixou a estatal após greve dos caminhoneiros, que questionou a política de preços de reajuste dos combustíveis adotada durante a gestão de Parente.

Ivan Monteiro, presidente da Petrobras, durante coletiva  — Foto: Nacho Doce/Reuters

Ivan Monteiro, presidente da Petrobras, durante coletiva — Foto: Nacho Doce/Reuters

No início do mês, ao ser questionado sobre a possibilidade de seguir no comando da petroleira, Monteiro disse que não recebeu convite da equipe de Bolsonaro.

“Não cabe à minha pessoa dizer se quero ou não. Isso cabe ao novo governo. Não tive nenhum diálogo e não recebi nenhum convite a esse respeito”, afirmou.

Último resultado

No terceiro trimestre, a Petrobras registrou lucro líquido de R$ 6,644 bilhões. O resultado representou uma queda de 34% na comparação com o 2º trimestre (R$ 10,07 bilhões). Já ante o mesmo período do ano passado (R$ 266 milhões), o lucro foi 25 vezes maior.

No acumulado no ano, a estatal soma lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, o melhor resultado para o período desde 2011, segundo a companhia, e um crescimento de 371% na comparação com os 9 primeiros meses de 2017.

No acumulado do ano, até a última sexta-feira, as ações preferenciais da Petrobras acumularam alta de 60,86%. As ordinárias subiram 66,44%.

mais lidas