Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Colunistas

Resenha com o Kascão: Erro de Marketing ou do estagiário?

Publicado

em

Resenha com o Kascão: Erro de Marketing ou do estagiário?

Por Renato Nalesso

Erro de Marketing ou do estagiário?

Resenha com o Kascão: Erro de Marketing ou do estagiário?

A última semana agitou bem os bastidores do São Paulo. Era pra ser só uma apresentação de um grande reforço do time para a temporada 2022, com o trabalho intenso do departamento de comunicação do clube. Mas não é que a comunicação do Tricolor resolveu publicar em uma de suas mídias sociais a foto do jogador  vestindo a camisa e com os seguintes dizeres: “Nikão é o 10 do Trikas!”. Meus Deus! Isso bastou para gerar um verdadeiro caos na internet gerando uma quantidade absurda de memes e piadas.

Fiquei pensando de quem teria sido essa ideia de mudar, ou melhor, adaptar o apelido do time do Morumbi. Trikas seria uma derivação de Tricolor? Quem foi o gênio que teve essa ideia? O Marketing do próprio São Paulo? E olha que o atual presidente Júlio Casares é um profissional da área com décadas de experiência. Teria ele aprovado essa suposta ideia inovadora? Acho difícil imaginar isso.

Óbvio que os torcedores rivais tiram sarro, até com tons preconceituosos, sobre o tal Trikas. Mas posso falar? Muito mais que focar em homofobia, coisa que o valha, ou até rimas provocativas, o mais importante ao meu ver é que se trata de um tremendo erro mudar o nome/apelido de um dos clubes mais tradicionais do País em um momento tão difícil político, financeiro e esportivo. Tudo anda mal internamente e deixam o estagiário inventar algo patético como isso? Pelo visto essa gestão está piorando a anterior. Quem diria, hein?7

 

 

Resenha com o Kascão: Erro de Marketing ou do estagiário?

 

 

 

 

 

 


Vão mudar a música?

O Palmeiras venceu o arquirrival São Paulo nas semifinais e fará a grande decisão da Copinha diante do Santos nesta terça-feira. Finalmente o Verdinho terá a oportunidade de vencer o torneio que é considerado o principal da categoria de juniores (por mais que eu não concorde). E sabe o que é mais curioso? Sendo campeão forçará os adversários a mudar a letra daquela música ‘não tem Copinha, não tem Mundial!”. Aliás, quem sabe a música será extinta, já que no próximo mês os profissionais terão a oportunidade de serem pela primeira vez legítimos campeões mundiais pela Fifa. Aí realmente a Tia Leila e toda a diretoria conseguirão a cereja do bolo e a ‘canção chiclete’ ficará no passado.

mais lidas