Siga nossa Redes

Destaque

Raphael Veiga explica como cresceu no Palmeiras e diz que sonha com a Seleção

esportes

Publicado

em

Raphael Veiga explica como cresceu no Palmeiras e diz que sonha com a Seleção

Veja a participação do jogador no Globo Esporte

O meia Raphael Veiga, autor de dois gols, foi um dos grandes nomes do Palmeiras na goleada de 4 a 0 sobre o Corinthians, nesta segunda-feira, no Allianz Parque. O jogador, alviverde de infância, participou do Globo Esporte um dia depois do clássico e explicou como tem feito da atual temporada a sua melhor no clube – depois de não ter muito destaque em anos anteriores.

– Foi principalmente quando comecei a ter mais sequência. Em 2017 e um pouco em 2019, eram muitos jogadores. É importante ter um elenco assim, mas jogava um jogo, saía no outro e não conseguia ter muita sequência. Esse ano, no final com o Luxemburgo, comecei a fazer mais jogos e jogar mais perto do gol, um lugar em que gosto de jogar. Foi a partir daí que as coisas começaram a acontecer – disse o jogador.

Melhores momentos: Palmeiras 4 x 0 Corinthians pela 28ª rodada do Brasileirão 2020

Melhores momentos: Palmeiras 4 x 0 Corinthians pela 28ª rodada do Brasileirão 2020

Raphael Veiga também analisou a luta do Palmeiras para ser campeão em três frentes: Libertadores (é finalista), Copa do Brasil (também é finalista) e Campeonato Brasileiro (está em quinto).

– Não dá para cravar nada. O futebol não é matemática exata. Mas a gente vai fazer de tudo para que aconteça. Um tempo atrás, a gente teve um surto de Covid e perdemos 19 ou 20 jogadores. Mesmo assim, a gente conseguiu manter um nível legal, ganhar jogos. A gente tem jogos importantes, Libertadores, Copa do Brasil, mas a gente vai continuar fazendo o que a gente tem feito, competindo, colocando intensidade, e quando terminar o campeonato vamos ver a posição em que a gente está.

Raphael Veiga comemora gol do Palmeiras contra o Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

Raphael Veiga comemora gol do Palmeiras contra o Corinthians — Foto: Marcos Ribolli

O jogador ainda falou sobre a esperança de chegar à seleção brasileira. Ele disse que é um objetivo.

– É um sonho meu e de qualquer atleta, principalmente no Brasil. A gente nasce e cresce com isso. Mas eu sei, tenho os pés no chão, que para chegar lá tenho que viver o hoje muito bem. É continuar fazendo bons jogos, fazendo gols, que só assim as coisas vão acontecer na minha vida.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas