Destaque Principal Política

Ramagem já era ‘eminência parda’ no órgão, supõe PF

Redação
Escrito por Redação

Experientes delegados da Polícia Federal afirmaram que o depoimento do delegado Alexandre Saraiva evidenciou que o diretor da Agência Brasileira de Inteligência, Alexandre Ramagem, já vinha exercendo uma espécie de “eminência parda” na PF.

Saraiva é o atual superintendente no Amazonas. Ele disse que em 2019 foi sondado por Ramagem, que também é delegado federal, sobre se tinha interesse para assumir a superintendência do Rio. Segundo Saraiva, ele respondeu “prontamente” que sim.

Saraiva prestou depoimento no inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na PF.

Ramagem era o preferido de Bolsonaro para substituir o ex-diretor-geral da PF, Mauricio Valeixo, demitido pelo presidente. Para os delegados ouvidos pelo blog, o depoimento mostrou que a influência de Ramagem no órgão já ocorria mesmo na época de Valeixo.

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: