Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Rafael Silva vence atleta do Azerbaijão na estreia das Olimpíadas

Publicado

em

Rafael Silva vence atleta do Azerbaijão na estreia das Olimpíadas

O brasileiro Rafael Silva começou bem o caminho nas Olimpíadas de Tóquio, competição em que busca a terceira medalha na carreira. Cabeça de chave número 5 da competição, venceu Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, por Ippon no golden score (prorrogação) e vai enfrentar nas quartas de final o georgiano Guram Tushishvili, cabeça de chave número 4 do torneio.

Rafael Silva contra Ushangi Kokauri na estreia na categoria acima de 100kg no judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Sergio Perez

Rafael Silva contra Ushangi Kokauri na estreia na categoria acima de 100kg no judô nas Olimpíadas de Tóquio 2020 — Foto: REUTERS/Sergio Perez

O início foi bem equilibrado, com muitas trocas de pegada. Com dois minutos de luta, o brasileiro se defendeu de um ataque do rival e acabou levando uma punição. Na segunda metade da luta, Baby tentou mais entradas e passou a dominar as pegadas. Após o tempo regulamentar se esgotar, o combate foi para o golden score.

Com um minuto de prorrogação, Baby levou mais uma punição, ficado a uma de ser eliminado. Mas ai, conseguiu um belíssimo golpe para vencer o combate.

Rafael Silva foi bronze nas Olimpíadas de 2012 e 2016, além de ter na carreira as medalhas de prata (2013) e bronze (2014 e 2017) em Campeonatos Mundiais. Entrou nas Olimpíadas como quinto cabeça de chave, o que o credencia como candidato ao pódio.

Este é o último dia de competições individuais do judô masculino. Nas categorias anteriores, o Brasil conquistou dois bronzes, com Daniel Cargnin (até 66kg) e Mayra Aguiar (até 78kg).

Ainda na noite de sexta-feira, o Brasil compete com Maria Suelen, na categoria acima de 78kg feminina. Ela é uma das cabeças de chave e foi medalha de bronze no Mundial, disputado em junho, na Hungria.

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas