Siga nossa Redes

Esportes

Raçudo e artilheiro: veja o que o São Paulo pensa de Galeano e o que planeja para o atacante

esportes

Publicado

em

Raçudo e artilheiro: veja o que o São Paulo pensa de Galeano e o que planeja para o atacante

Paraguaio teve empréstimo renovado até o fim do ano; torcida pede mais chances para ele

O São Paulo prorrogou o empréstimo de Galeano com o Rubio Ñu, do Paraguai, até o fim de 2021. Promovido da base, o atacante de 20 anos tem treinado com o elenco profissional no CT da Barra Funda, mas até o momento só entrou uma vez: no fim do jogo diante do Ceará, no dia 25 de novembro.

No clube, inclusive, acredita-se que Galeano merecia ter mais minutos em campo com Fernando Diniz, em comparação por exemplo com atletas como Tréllez e Gonzalo Carneiro. Nas redes sociais, torcedores frequentemente pedem chances ao atacante. O Tricolor volta a campo neste domingo, às 16h, contra o Atlético-GO, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Um exemplo disso foi dado na goleada sofrida para o Internacional, por 5 a 1, na semana passada, quando o paraguaio estava no banco e foi o mais votado pelos internautas (34,7% dos votos) na eleição do “Craque do Jogo” da transmissão da Globo mesmo sem entrar em campo.

O voto foi um protesto pelo fato de o jogador não ter sido aproveitado por Diniz.

No São Paulo, Galeano é visto como um atleta de máximo esforço e para quem não há bola perdida. Considerado raçudo e com “estilo sul-americano”, o paraguaio também é elogiado por saber fazer gols.

Em resumo, a visão é de que, se Galeano não é dos jogadores mais técnicos, ele compensa dentro de campo pela vontade.

Coincidentemente ou não, esse estilo de jogador “guerreiro” é justamente o perfil buscado pela nova gestão do São Paulo para 2021.

Galeano teve empréstimo prorrogado pelo São Paulo até o fim de 2021 — Foto: Erico Leonan / saopaulofc.net

Galeano teve empréstimo prorrogado pelo São Paulo até o fim de 2021 — Foto: Erico Leonan / saopaulofc.net

Sem dinheiro para grandes contratações, o clube pretende ter atletas com esse espírito. Um exemplo citado internamente nesse sentido no atual elenco é Luciano.

Nesse contexto, o novo executivo de futebol Rui Costa terá no orçamento aprovado para 2021 R$ 37 milhões para investimentos. No Grêmio, o dirigente tinha como missão diminuir gastos e apostou em jogadores da base.

Em 202,1 com pouco investimento no horizonte, Galeano pode aparecer como uma das opções caseiras para o elenco na próxima temporada.

.

.

.

Fonte: G1 – Globo.

mais lidas