Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Quartas de final de campeões sem clássicos estaduais na Copa do Brasil

Publicado

em

Quartas de final de campeões sem clássicos estaduais na Copa do Brasil

Juventude, Inter, Palmeiras e Cruzeiro decidem vaga em casa; semifinais podem ter
no máximo dois confrontos entre times do mesmo estado, incluindo Verdão x Timão

Oito times, 18 títulos em 27 edições disputadas. Em sorteio realizado na manhã desta sexta-feira, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, foram conhecidos os confrontos de uma inédita quartas de final da Copa do Brasil: pela primeira vez esta fase do mata-mata conta apenas com clubes que já foram campeões, mas as bolinhas deixaram de lado os clássicos estaduais. Juventude, Internacional, Palmeiras e Cruzeiro decidem em casa contra Atlético-MG, Santos, Grêmio e Corinthians, respectivamente. Confira os duelos e os mandos de campo – os jogos de ida acontecem no dia 28 de setembro, e os de volta, em 19 de outubro. Locais e horários ainda serão confirmados pela CBF:

IDA (28/09)

. Atlético-MG x Juventude
. Santos x Internacional
. Grêmio x Palmeiras
. Corinthians x Cruzeiro

VOLTA (19/10)

. Juventude x Atlético-MG
. Internacional x Santos
. Palmeiras x Grêmio
. Cruzeiro x Corinthians

Sorteio da Copa do Brasil (Foto: Divulgação/CBF)

Objeto de desejo: taça da Copa do Brasil “acompanha” sorteio das quartas de final (Foto: Divulgação/CBF)

A definição dos mandos de campos foi simples, com dez bolas numeradas de 1 a 10. Atlético-MG, Santos, Grêmio e Corinthians ficaram do lado ímpar, e Juventude, Inter, Palmeiras e Cruzeiro, do lado par. A bola número 6 definiu que os quatro últimos fariam a segunda partida diante de suas torcidas. A divisão visou a evitar que Atlético-MG e Cruzeiro, Palmeiras e Corinthians e Grêmio e Inter jogassem no mesmo dia em suas cidades, por questões de segurança – Santos e Juventude mandam seus jogos na Vila Belmiro, em Santos, e no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Gol fora de casa continua sendo critério de desempate nas quartas e nas semifinais. Com o chaveamento definido, as semifinais só poderão ter dois clássicos – Juventude x Internacional e Palmeiras x Corinthians –, e a decisão pode reservar um Gre-Nal na busca pelo título. Ou um bis de 2015, caso Palmeiras e Santos avancem até o fim.

Ao contrário do sorteio que estabeleceu as partidas das oitavas, nas quartas de final não houve os potes A e B para separar as equipes de acordo com o ranking da CBF ou participação na Taça Libertadores. Desta forma, todos os clubes poderiam se enfrentar – o sorteio para definir os confrontos a partir das oitavas de final passou a ser usado a partir de 2015. A partir das quartas o chaveamento é definido, sem sorteio para as semifinais.

Mudança de panorama

A presença de tantos clubes grandes na reta final de um torneio que costuma abrir espaço aos pequenos (clubes como Juventude, Santo André e Paulista já foram campeões) se justifica pela mudança ocorrida em 2013, quando ficou definido que as equipes classificadas à Libertadores também disputariam a Copa do Brasil, com ingresso já nas oitavas de final. Este ano, foram os casos de Atlético-MG, Grêmio, Corinthians, Palmeiras e São Paulo – além do Inter, que não esteve na Libertadores, mas teve o mesmo benefício por ser o quinto colocado no Brasileirão passado. Deles, só o Tricolor paulista não conseguiu avançar às quartas.

Cruzeiro, Santos e Juventude foram os únicos dos oito sobreviventes a disputar a Copa do Brasil desde a primeira fase. Os mineiros passaram por Campinense, Londrina, Vitória e Botafogo. O Peixe eliminou Santos-AP, Galvez, Gama e Vasco. O a equipe gaúcha superou Tocantinópolis, Coritiba e Paysandu até bater o São Paulo.

O clube de Caxias do Sul é o azarão entre os gigantes nas quartas da Copa do Brasil. Mas ele conhece bem o torneio. Em 1999, foi campeão ao superar o Botafogo na decisão. Atlético-MG, Inter e Santos também têm um título cada. Corinthians e Palmeiras são tricampeões – superados apenas por Cruzeiro e Grêmio, os únicos tetra. Confira a lista:

. Cruzeiro (1993, 1996, 2000 e 2003)
. Grêmio (1989, 1994, 1997 e 2001)
. Palmeiras (1998, 2012 e 2015)
. Corinthians (1995, 2002 e 2009)
. Atlético-MG (2014)
. Santos (2010)
. Juventude (1999)
. Internacional (1992)

Como foram as quartas de final desde 1989 e os respectivos campeões de cada edição:

TABELA Confrontos Copa do Brasil 2016 (Foto: Editoria de Arte)
TABELA Confrontos Copa do Brasil 2016 2 (Foto: Editoria de Arte)

mais lidas