Destaque Principal Política

Procuradoria de São Paulo defende absolvição de Haddad

Redação
Escrito por Redação

Segundo parecer, não há provas contra o ex-prefeito de São Paulo. Ele foi condenado por irregularidades na campanha eleitoral de 2012

A Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo se manifestou a favor da absolvição do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no processo no qual ele foi condenado por caixa dois na campanha eleitoral de 2012 para a capital paulista. A decisão foi tomada após o petista fazer uma apelação nesse caso.

Na decisão de primeira instância, o juiz Francisco Carlos Shintate afirmou que duas gráficas emitiram notas fiscais frias para a campanha do ex-prefeito. Ele teria recebido por fora de recursos da empreiteira UTC , que é investigada na Operação Lava Jato .

O caso resultou em uma condenação de quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto para o petista.

O ex-prefeito e outros réus, no entanto, recorreram ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo e o caso foi enviado para a Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo, órgão do Ministério Público Federal.

No parecer, o procurador Sérgio Monteiro Medeiros defende que Haddad não poderia ter sido punido criminalmente sob a alegação de não ter demonstrado interesse pelo controle dos documentos inseridos na prestação de contas.

 

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: