Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Primeiro Ministro do Japão diz que Olimpíadas nunca foram prioridade

Publicado

em

Primeiro Ministro do Japão diz que Olimpíadas nunca foram prioridade

Suga diz que saúde e segurança da população estão em primeiro lugar; Visita de Bach é cancelada

Casos de Covid e taxas de reprovação popular em alta em contraste com a vacinação mais lenta dentre os países ricos. Diante de um cenário político desfavorável e desafiador, o Primeiro Ministro do Japão afirmou que nunca colocou os Jogos Olímpicos de Tóquio como prioridade.

Uma pesquisa de opinião recente mostrou que mais de 60% da população prefere que as Olimpíadas sejam canceladas, contra 35% que acreditam que o evento pode ser realizado a partir de 23 de julho. Desta vez não foi oferecida a alternativa de adiamento na pesquisa.

Perguntado sobre a impopularidade atual do evento, Yoshihide Suga deu uma resposta protocolar sem indicar qualquer mínima possibilidade de cancelamento.

– Nunca coloquei as Olimpíadas em primeiro lugar. Minha prioridade tem sido proteger as vidas e a saúde da população japonesa. Em primeiro lugar temos que evitar a disseminação do vírus – disse Suga.

Dentre as principais medidas do governo em conjunto com o Comitê Organizador estão o veto a torcedores residentes no exterior, algo que causará um impacto econômico enorme aos cofres japoneses, mas que certamente facilitará o controle sanitário contra a Covid-19. A decisão sobre a presença de público local será tomada em junho.

Visita de Bach é cancelada

 

O governo também ampliou o estado de emergência de Tóquio e de prefeituras vizinhas para 31 de maio, o que impõe uma série de restrições de circulação à população. A adoção da medida gerou o adiamento da visita do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

Havia a expectativa de que Bach conduzisse a tocha olímpica quando o revezamento passasse por Hiroshima no dia 17 de maio, mas agora o alemão só deve ir ao Japão em junho.

– A visita do presidente do COI Thomas Bach, agendada para 17 e 18 de maio, foi cancelada em virtude da extensão do estado de emergência na semana passada e as várias circunstâncias que estamos enfrentando. Continuaremos a monitorar a situação da Covid-19 no Japão e outros fatores relevantes e vamos remarcar a visita dele ao Japão assim que possível – diz um comunicado do Comitê Organizador.

.

.

.

Fonte: Ge – Globo Esporte.

mais lidas