Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Presidente eleito do Santos se reúne com Orlando Rollo para transição de gestão

Publicado

em

Presidente eleito do Santos se reúne com Orlando Rollo para transição de gestão

Camisa 9 deve ser titular no lugar do vice-artilheiro do time na temporada; veja números

A lesão de Luciano na coxa esquerda abre espaço para Pablo ter uma nova chance no ataque do São Paulo e mostrar que pode ser um jogador confiável no elenco do Tricolor. A primeira prova deve ser nesta quarta-feira, às 21h30, diante do Atlético-MG, no Morumbi, pelo Brasileirão.

Terceiro maior artilheiro do São Paulo na temporada, com 11 gols marcados, Pablo ainda não conseguiu se firmar no clube desde que foi contratado, no final de 2018, por R$ 26,6 milhões. Ele vive sob a desconfiança do torcedor.

Em 2019, o atacante era a principal esperança de gols do elenco ao lado de Alexandre Pato. No entanto, as seguidas lesões o atrapalharam. Ele terminou como o artilheiro do clube, com apenas sete gols marcados. Para efeito de comparação, Brenner é o artilheiro deste ano, com 20 gols até aqui.

Em 2020, o investimento seria colocado mais uma vez à prova. E dessa vez sem as lesões. O início com um gol na estreia foi animador. Mas os nove jogos seguintes sem marcar lhe renderam um lugar no banco de reservas e mais críticas por parte da torcida.

Nesse período, Pablo inverteu suas posições no campo. Em determinados momentos foi ponta e em outros, centroavante. Em nenhuma das duas teve destaque.

Após o retorno do futebol por conta da paralisação pela pandemia do novo coronavírus, as coisas pareciam que iriam melhorar para o atacante. Em seis jogos, foram quatro gols marcados.

Novamente, porém, veio o período de seca. Em oito jogos seguidos como titular, nenhum gol marcado e a reserva novamente foi seu destino. O problema é que dessa vez a dupla titular formada foi entre Brenner e Luciano, uma das mais efetivas do São Paulo nos últimos anos.

A alta quantidade de gols marcados pelos dois fez Pablo perder espaço de vez entre os titulares. Desde o dia 7 de outubro, o atacante só foi titular em duas ocasiões (uma porque Brenner estava suspenso e outra porque Luciano foi poupado).

Agora, com a lesão de Luciano, Pablo tem mais uma chance na temporada de mostrar seu valor e que pode ser um substituto à altura do companheiro. Já são sete jogos sem gols de Pablo pelo Tricolor.

Devido à gravidade do problema de Luciano, Pablo pode ter que comandar o ataque são-paulino ao lado de Brenner até mesmo na semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio, nos dias 23 e 30 de dezembro. Vitor Bueno, com outras características, corre por fora nessa briga.

.

.

.

GE – Globo Esporte

mais lidas