Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

“Preparado”, Palmeiras inicia no clássico maratona que pode ser decisiva na temporada

Publicado

em

"Preparado", Palmeiras inicia no clássico maratona que pode ser decisiva na temporada

Verdão fará 16 partidas em 53 dias, incluindo os mata-mata de Copa do Brasil e Libertadores

O clássico desta quinta-feira, contra o Santos, no Pacaembu, marca o retorno do Palmeiras aos jogos oficiais após a parada para a Copa do Mundo. Mas, além disso, também inicia uma maratona de partidas em sequência, que pode ser decisiva para a temporada da equipe.

Contando o clássico, serão 16 partidas em 53 dias consecutivos, sem nenhum momento com a semana livre para treinar ou descansar. A série acaba somente no dia 9 de setembro, contra o Corinthians.

Nesse período, o Palmeiras terá de lutar para alcançar os líderes do Campeonato Brasileiro e enfrentará duas decisões: contra o Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil, e contra o Cerro Porteño, do Paraguai, pelas oitavas de final da Libertadores. Jogos e situações que preocupam o Núcleo de Saúde e Performance do clube, não só pela questão física, mas pelo componente emocional envolvido nesse tipo de disputa, o que colabora para lesões.

Diogo Barbosa faz exercício de força na Academia (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Diogo Barbosa faz exercício de força na Academia (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Mesmo assim, o coordenador médico Gustavo Magliocca vê o Palmeiras preparado para enfrentar a sequência, sobretudo pela estratégia traçada contando com a parada para a Copa do Mundo, mas admite a dificuldade que o calendário traz.

– Temos de entender (a parada) sempre como boa, mas gera uma preocupação o que vem antes e o que vem imediatamente depois dela. Porque é uma quantidade de jogos elevada. A parada chega a ser estratégica, mas ainda assim tivemos uma pré-temporada menor, uma concentração de densidade de jogos aumentada na primeira parte e agora sim teremos uma nova densidade. Você prepara o atleta para esse calendário desajustado – analisou.

Outro ponto que torna a maratona de jogos ainda mais desgastante são as viagens. Dentro desses 16 jogos da sequência, o Palmeiras terá de ir duas vezes a Salvador e uma para o Paraguai. E, logo após o jogo com o Corinthians, serão mais dois confrontos fora de casa com longos deslocamentos – Salvador e Recife.

Gustavo Magliocca é coordenador médico do Verdão (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Gustavo Magliocca é coordenador médico do Verdão (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Segundo Magliocca, o trabalho individual que cada jogador fez durante a folga do elenco no início da Copa podem ajudar nesse momento.

– Foram dez dias, a perda não é tão grande. Mesmo assim a grande maioria do elenco levou orientação individualizada para fazer nas férias. Descansam três ou quatro dias e dali em diante já começam a fazer a suas rotinas, é normal isso. Isso vem da disciplina e do hábito do atleta. Quanto melhor for a rotina e o hábito no dia dia a dia melhor o seu condicionamento. É uma relação direta – completou o coordenador médico.

mais lidas