Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Prefeitura de SP retoma vacinação nesta quarta, divulga novo calendário e adia grupos de 44, 45 e 46 anos

Publicado

em

Prefeitura de SP retoma vacinação nesta quarta, divulga novo calendário e adia grupos de 44, 45 e 46 anos

Gestão municipal afirma que retomada será possível nesta quarta-feira (23) para o grupo de 49 anos devido ao recebimento de 210 mil doses.

Após interromper a vacinação contra a Covid-19 na cidade por falta de doses, a Prefeitura de São Paulo anunciou na noite desta terça-feira (22) um novo calendário que prevê atraso para os grupos de quem tem 44, 45 e 46 anos.

Antes, a previsão era de que as pessoas de 45 e 46 começassem a ser vacinadas já nesta sexta-feira (25), mas a data foi adiada para a segunda-feira (28). O público de 44 anos que era pra ser vacinado na segunda, mas deve ser imunizado na terça, 29 de junho.

A gestão municipal decidiu escalonar a vacinação na capital paulista de maneira diferente da anunciada pelo governo estadual, para evitar aglomerações nos postos de vacinação. No entanto, um problema na logística fez com a cidade ficasse um dia inteiro sem aplicar doses pela primeira vez desde o início da vacinação.

Após um jogo de empurra entre prefeitura, governo estadual e governo federal (leia mais abaixo), a Secretaria Municipal de Saúde garante que a vacinação será retomada normalmente nesta quarta-feira (23).

A capital recebeu nesta terça 210 mil novas doses para continuar a imunização, sendo 180 mil da CoronaVac para primeira aplicação e 30 mil doses da AstraZeneca para aplicar segunda dose.

Calendário atualizado de vacinação na capital

 

  • Quarta-feira (23/06): público de 49 anos;
  • Quinta-feira (24/06): público de 48 anos;
  • Sexta-feira (25/06): público de 47 anos;
  • Sábado (26/06): repescagem para público de 47 a 49 anos.
  • Segunda-feira (28/06): público de 46 e 45 anos
  • Terça-feira (29/06): público de 44 e 43 anos
  • Quarta-feira (30/06): público de 42 anos
  • Repescagem 42 a 44 anos: 03/07 (sábado)
  • 41 anos: 05/07 (segunda-feira)
  • 40 anos: 08/07 (quinta-feira)
  • Repescagem 40 a 44 anos: 10/07 (sábado)
  • 39 anos: 15/07 (quinta-feira)
  • Repescagem 39 a 44 anos: 17/07 (sábado)
  • 38 anos: 19/07 (segunda-feira)
  • 37 anos: 22/07 (quinta-feira)
  • Repescagem 37 a 39 anos: 24/07 (sábado)
  • 36 anos: 26/07 (segunda-feira)
  • 35 anos: 28/07 (quarta-feira)
  • 34 anos: 30/07 (sexta-feira)
  • Repescagem 34 a 37 anos: 31/07 (sábado)
  • 33 anos: 02/08 (segunda-feira)
  • 32 anos: 04/08 (quarta-feira)
  • Repescagem 32 a 34 anos: 07/08 (sábado)
  • 31 anos: 09/08 (segunda-feira)
  • 30 anos: 12/08 (quinta-feira)
  • Repescagem 30 a 33 anos: 14/08 (sábado)
  • 29 anos: 16/08 (segunda-feira)
  • 28 anos: 19/08 (quinta-feira)
  • Repescagem 28 a 30 anos: 21/08 (sábado)
  • 27 anos: 23/08 (segunda-feira)
  • 26 anos: 25/08 (quarta-feira)
  • Repescagem 26 a 28 anos: 28/08 (sábado)
  • 25 anos: 30/08 (segunda-feira)
  • 23 e 24 anos: 1/09 (quarta-feira)
  • Repescagem 23 a 26 anos: 04/09 (sábado)
  • 21 e 22 anos: 06/09 (segunda-feira)
  • 20 anos: 09/09 (quinta-feira)
  • Repescagem 23 a 26 anos: 11/09 (sábado)
  • 18 e 19 anos: 13/09 (segunda)

Prefeitura usou estoque de 2ª dose

 

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), disse nesta terça-feira (22) que a gestão municipal usou todo o estoque de segunda dose para atender a demanda de imunização na capital no final de semana. Além disso, afirmou que o estado sabia do risco de a capital paralisar a imunização caso não recebesse um novo lote de vacinas. A vacinação contra Covid no município foi suspensa nesta terça.

“Nós sempre tivemos a política de não usar a segunda dose, mas tendo em vista o volume de pessoas que foram vacinar, e por conta do atraso na entrega de vacinas, a Prefeitura de São Paulo optou por usar a segunda dose para poder evitar mais transtornos. Aguardando que a vacina chegasse para que a gente continuasse. Mas não aconteceu, então nós reestruturamos”, afirmou Nunes.

Ainda de acordo com o prefeito, teriam sido usadas 16 mil doses da vacina da AstraZeneca que estavam reservadas para a segunda dose, e que o governo estadual se comprometeu a enviar o dobro para que o município não enfrente problemas.

“Nós avisamos no sábado ao secretário Jean que chegamos a 59 mil doses e que, portanto, necessitaríamos de vacina no final de semana para dar prosseguimento à vacinação na segunda. O secretário Jean disse que iria então providenciar o envio de vacinas para nós no final de semana e na segunda-feira”, completou o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

Mais cedo, o secretário estadual da Saúde alegou que o governo tinha sido notificado tardiamente pela prefeitura e que, por isso, não conseguiu remanejar a distribuição de doses.

“Todo o operacional de cada município é de responsabilidade de suas Secretarias Municipais da Saúde. Ontem, fomos avisados por volta das 18h que haveria essa paralisação. Já estava no nosso radar, no nosso calendário, fazer a distribuição hoje. É óbvio que se nós tivéssemos essa informação antecipada, teria sido possível nós remanejarmos essa distribuição de forma e caráter especial para o município ainda ontem”, disse o secretário em entrevista.

.

.

.

G1

mais lidas