Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Prefeitura de SP inicia pagamento da 2ª parcela do Renda Básica Emergencial

Publicado

em

Prefeitura de SP inicia pagamento da 2ª parcela do Renda Básica Emergencial

Segundo a prefeitura, mais de 1,2 milhão de pessoas serão beneficiadas com o programa. Depósito da 2ª parcela será feito de acordo com o número final do NIS de cada beneficiário.

A Prefeitura de São Paulo anunciou na sexta-feira (23) que a segunda parcela do programa Renda Básica Emergencial da cidade começa a ser paga nesta segunda (26) para cerca de 1,2 milhão de famílias beneficiadas.

O depósito da parcela será feito de acordo com o número final do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, conforme calendário abaixo:

Renda Básica Emergencial – SP

Final do NIS Data do crédito
1 26 de abril
2 27 de abril
3 28 de abril
4 29 de abril
5 30 de abril
6 03 de maio
7 04 de maio
8 05 de maio
9 06 de maio
0 07 de maio

Segundo a gestão municipal, serão liberados mais de R$ 131 milhões de recursos municipais nesse segundo pagamento, beneficiando 1.277.733 munícipes cadastrados nos programas sociais da cidade.

Na primeira parcela, 469.372 famílias receberam o benefício, totalizando R$ 130.043.600 pagos, conforme aprovação da Lei n. 17.504, que instituiu o Renda Básica Emergencial.

O programa é concedido às famílias em situação de vulnerabilidade inscritas no Bolsa Família até setembro de 2020 e também aos trabalhadores ambulantes do comércio informal que atendam aos critérios do Bolsa Família e que possuam Termo de Permissão de Uso (TPU) vigente ou que estejam cadastrados no sistema “Tô Legal!” para o comércio ou a prestação de serviços ambulantes.

O valor do benefício é de R$ 100 mensais por pessoa e pago por três meses. Pessoas com deficiência, independentemente de idade, receberão um benefício no valor de R$ 200, não sendo válido para os que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“Não é necessário que os munícipes se dirijam aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), postos do Descomplica SP ou agências da CAIXA para realizar cadastros ou solicitar a abertura de conta, o benefício será gerado automaticamente para as famílias que atendam aos critérios do programa. Os canais de atendimento ao cidadão para dúvidas sobre o benefício é a Central 156”, disse nesta sexta (23) um comunicado da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS).

.

.

.

G1

mais lidas