Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Pompeo defende ataque que matou general e garante: “EUA farão Irã se comportar”

Publicado

em

Pompeo defende ataque que matou general e garante: "EUA farão Irã se comportar"

Em coletiva, secretário de Estado norte-americano chamou Soleimani de “gentil e diplomata” e garantiu que país agirá de acordo com ‘lei de guerra’

Em coletiva nesta terça-feira (7), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, voltou a ser questionado sobre o ataque áereo realizado na última quinta-feira em um aeroporto de Bagdá, capital do Iraque, que culminou na morte de Qasem Soleimani. Em tom irônico, ele chamou o general iraniano de “gentil e diplomata” e afirmou que o governo Trump não deixará o Irã produzir armamento nuclear.

“Disseram que Soleimani estava em Bagdá em uma viagem diplomática. Vocês realmente acreditam nisso? Sabemos que isso não é verdade”, afirmou Pompeo , ressaltando que todas as opções foram consideradas e que o ataque foi definido após a análise de dados da inteligência para evitar o que chamou de “ataque iminente” por parte dos iranianos.

“Sempre que um presidente toma uma decisão dessa magnitude, há uma série de informações que são analisadas e compiladas. Foi a partir desta análise que pudemos ver claramente as ações de Soleimani “, garantiu o secretário.

Questionado sobre a possibilidade de o Irã acelerar o processo de enriquecimento de urânio para a produção de armamento nuclear, Pompeo garantiu: “o presidente Trump foi bastante claro sobre isso: se depender dos EUA , o Irã não terá armas nucleares . Faremos eles se comportarem como uma nação normal, porque se insistirem com o programa nuclear , isso pode ser um problema não só para os EUA, mas para o mundo todo”.

Por fim, o secretário ainda comentou a possibilidade, levantada pelo próprio presidente Trump, de ataques norte-americanos serem direcionados para sítios históricos e culturais do Irã, algo que viola a Convenção de Genebra e é considerado um crime de guerra .

“Todo alvo está sendo analisado e todo e qualquer ataque será feito de acordo com as leis internacionais de guerra. Eu trabalhei neste projeto e tenho bastante confiança de que tudo será feito da forma correta”, finalizou Pompeo .

iG

mais lidas