Destaque Principal Política

Policial mesário é preso ao mostrar arma a eleitor

REPRODUÇÃO | (IG)
Redação
Escrito por Redação

O mesário terá que justificar motivo de portar o revólver em uma seção eleitoral

A Justiça Eleitoral confirmou que um mesário foi preso durante a votação em Cuiabá, no Mato Grosso , após ter mostrado uma arma a um eleitor.

Policial penal, ele portava uma arma de fogo e cometeu o ato após um desentendimento na escola estadual Alina Tocantins, no Cidade Alta.

Segundo o juiz da 1ª Zona Eleitoral da Capital, Geraldo Fidelis, o eleitor contou que o pai dele teve um discussão durante a votação com o mesário, que exibiu o revólver. “O primeiro erro é que ele não deveria ter sido convocado e, segundo, que a seção eleitoral é um espaço democrático, não pode ter qualquer tipo de constrangimento”, afirmou.

Após o fato, o mesário foi imediatamente desligado e encaminhado para o chamado ‘cadeião eleitoral’. Agora, terá que justificar o motivo de estar portando a arma dentro da seção eleitoral.

.

 

.

 

.

 

IG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: