Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Polícia vai apurar conduta de PM após tiro acidental que matou estudante em Araçatuba

Publicado

em

Polícia vai apurar conduta de PM após tiro acidental que matou estudante em Araçatuba

Policial militar atirou acidentalmente em amigo durante churrasco. Ele poderá ser exonerado do cargo.

A Polícia Militar vai abrir um processo administrativo para apurar a conduta do policial militar após ter atirado acidentalmente contra um amigo em uma festa em Araçatuba (SP). O caso aconteceu na noite de sábado (15) e amigos da vítima lamentaram a morte do jovem Diogo Belentani, um estudante de 21 anos.

“A Polícia Militar lamenta muito o que aconteceu, mas paralelo ao inquérito que vai ocorrer sobre o homicídio, a Polícia Militar vai abrir um processo administrativo que vai apurar a conduta do PM, correndo o risco de ser exonerado do cargo”, afirma a tenente da Polícia Militar Emily Zambrosi.

O policial Vinícius Oliveira Coradim vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Além disso, deverá ser afastado dos serviços operacionais da PM. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) lamentou a morte do jovem.

O caso

O estudante de 21 anos morreu após ser atingido por um tiro acidental na noite de sábado (15) durante uma festa, em Araçatuba. Ele foi baleado em uma casa na avenida Baguaçu, onde estava com quatro amigos em um churrasco. Diogo Belentani era filho do atual comandante interino do Policiamento do Interior 10 (CPI-10), tenente-coronel Armando Belentani Filho.

Conforme o boletim de ocorrência, o tiro foi disparado pelo amigo de infância da vítima, que é policial militar em Botucatu (SP), e mostrava sua arma – uma pistola ponto 40 – quando a bala atingiu o peito do estudante.

Diogo chegou a ser socorrido ao pronto-socorro da Santa Casa de Araçatuba, mas chegou ao local sem vida. O policial militar que efetuou o disparo foi levado ao plantão policial e pagou fiança de R$ 1,5 mil. Ele deve responder em liberdade por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Diogo Belentani foi atingido no peito e morreu antes de chegar ao pronto-socorro em Araçatuba (Foto: Reprodução/Facebook)

Diogo Belentani foi atingido no peito e morreu antes de chegar ao pronto-socorro em Araçatuba (Foto: Reprodução/Facebook)

mais lidas