Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Polícia investiga quadrilha suspeita de praticar golpes em aposentados nas cidades de Ibirá e Potirendaba

Publicado

em

Polícia investiga quadrilha suspeita de praticar golpes em aposentados nas cidades de Ibirá e Potirendaba

Vítimas tinham bolsas e cartões de bancos furtados em Potirendaba e Ibirá.
Suspeitas foram ouvidas e vão responder por crimes em liberdade.

A Polícia Civil de Potirendaba (SP) investiga uma quadrilha suspeita de cometer furtos e estelionatos na região noroeste. Segundo informações da polícia, três mulheres, com idade entre 25 e 30 anos, foram ouvidas na delegacia de Ibirá (SP) nesta quarta-feira (31) suspeitas de praticar os golpes contra aposentados.

De acordo com a polícia, as três mulheres, que são moradoras de Ibirá, costumavam praticar os golpes com idosos. As suspeitas se passavam por vendedoras externas e agentes de saúde para abordar as vítimas em suas casas.

Segundo a polícia, enquanto uma das suspeitas conversava com a vítima, a segunda entrava na casa e furtava a bolsa dela com os documentos pessoais e cartões bancários, que geralmente estavam junto com as senhas. Uma terceira mulher aguardava em um veículo.

A polícia chegou até as mulheres depois de um casal de idosos ser furtado em Ibirá. As suspeitas sacaram o dinheiro dos aposentados em um banco em Potirendaba. As imagens do circuito interno da agência bancária revelaram a identidade das suspeitas e a placa do carro usado por elas.

A polícia comparou as imagens do banco com outras levantadas de cameras de segurança instaladas perto das casas das vítimas e confirmou que o carro usado pelas suspeitas era o mesmo usado nos outros crimes. A polícia ainda vai ouvir outras vítimas e chamá-las para fazer o reconhecimento das suspeitas.

A polícia foi até a casa de uma das suspeitas, na tarde de quarta-feira, e como as três estavam no local foram encaminhadas para a delegacia de Ibirá. Elas prestaram depoimento e foram liberadas porque não houve flagrante. Segundo a polícia, as mulheres vão responder por furto e estelionato em liberdade.

mais lidas