Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Polícia entra no 4º dia de buscas por diretora que teve prisão decretada após vídeos mostrarem maus-tratos a crianças em escola

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

A polícia de São Paulo entrou nesta sexta-feira (25) no quarto dia de buscas a procura da diretora da escolinha particular da Zona Leste que teve a prisão decretada pela Justiça depois que vídeos viralizaram em março deste ano nas redes sociais mostrando crianças amarradas com panos, como se usassem uma “camisa de força”, e chorando dentro de um banheiro da creche (veja abaixo).

A diretora Roberta Regina Rossi Serme, de 40 anos, também é uma das donas da Escola de Educação Infantil Colmeia Mágica, na Vila Formosa. A Justiça decretou a prisão temporária dela por 30 dias na última terça-feira (22) a pedido da Polícia Civil. Até a última atualização desta reportagem ela não havia se entregado ou sido presa e continuava sendo considerada foragida. Policiais não a encontraram nos endereços onde ela poderia estar.

Além de Roberta, a polícia investiga se a irmã dela, Fernanda Carolina Rossi Serme da Silva, de 37 anos, outra proprietária da Colmeia Mágica, e ao menos uma funcionária têm envolvimento no caso.

A Colmeia Mágica foi fundada em 2000 e atende crianças 0 a 5 anos, do berçário ao ensino infantil. A escola é investigada pela Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco) da 8ª Delegacia Seccional por suspeitas de maus-tratos, periclitação de vida, que é colocar a saúde das crianças em risco, submissão delas a vexame ou constrangimento, tortura e associação criminosa.

A polícia recebeu as filmagens por uma pessoa para que fossem apuradas. Não há confirmação de quem gravou os vídeos. A suspeita é de que possa ter sido alguma funcionária da Colmeia Mágica descontente com o que viu.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas