Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Paulo Guedes cria conselho consultivo de notáveis para elaborar reforma da Previdência

Publicado

em

Paulo Guedes cria conselho consultivo de notáveis para elaborar reforma da Previdência

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, vai criar um conselho consultivo com especialistas para ajudar o governo Bolsonaro a elaborar suas propostas de reforma da Previdência. Os notáveis já foram convidados e aceitaram integrar o órgão, que ficará ligado à Secretaria de Previdência do Ministério da Economia e será comandada pelo atual deputado Rogério Marinho.

Farão parte Armínio Fraga e Paulo Tafner, que elaboraram uma proposta de reforma da Previdência que pode gerar uma economia de R$ 1,3 trilhão num prazo de dez anos, bem acima da que está em tramitação no Congresso e que gera uma economia próxima de R$ 500 bilhões em igual período. Armínio Fraga foi presidente do Banco Central e é próximo de Paulo Guedes.

Também vão integrar o conselho os economistas Solange Paiva, José Marcio Camargo, Fábio Giambiagi e Aloisio Araújo. Solange Paiva foi a criadora do Fator Previdenciário, durante o governo FHC, que permitiu reduzir os gastos com previdência na época. José Marcio foi o responsável pelo programa econômico do candidato do MDB nas últimas eleições presidenciais, Henrique Meirelles.

Giambiagi é especializado em finanças públicas, com vasto material publicado sobre Previdência Social. E Aloisio Araújo é economista da Fundação Getúlio Vargas. Paulo Guedes já definiu com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, que a reforma da Previdência é uma das prioridades do futuro governo. Ele deseja aprová-la no próximo ano, de preferência no primeiro semestre.

Bolsonaro defendeu uma reforma da Previdência fatiada. Na equipe de Paulo Guedes, o tema segue em análise. Se for fatiada, a ideia é que, na primeira etapa, sejam incluídos temas como idade mínima, regra de transição, fim de privilégios de servidores públicos e unificação dos sistemas de Previdência do setor público e privado.

mais lidas