Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Paçoca caseira: como fazer receita fit e fácil de amendoim

Publicado

em

Paçoca caseira: como fazer receita fit e fácil de amendoim

Médica nutróloga ensina versão gostosa e saudável que usa apenas o liquidificador e pode ser usada como lanchinho pré-treino; opções industrializadas têm excesso de sal, açúcar e, em alguns casos, aditivos

Paçoca é um doce que agrada o ano todo, mas não pode faltar nas Festas Juninas. Quem resiste a esse quitute bem brasileiro, que ainda por cima é um ótimo lanche pré-treino? A quantidade de calorias, açúcar e sal pode até ser um motivo para algumas pessoas evitarem cair nessa tentação. Contudo, a boa notícia é que dá para fazer esse doce à base de amendoim deixando o preparo livre de sal e aditivos e substituindo o açúcar refinado por opções mais saudáveis. Quem dá a receita é a médica nutróloga Karla Confessor. Embora as Festas Juninas – e até as “Julinas” – estejam suspensas Brasil afora por causa da pandemia de Covid-19, que tal montar em casa mesmo uma mesa com comidas típicas dessas celebrações; incluindo, claro, essa paçoca caseira fit. Veja como fazer, quais os nutrientes e quantas calorias há em cada unidade.

Receita

 

Ingredientes:

  • 6 colheres de sopa de amendoim torrado sem casca e sem sal
  • 1 colher de sopa de óleo de coco líquido
  • 4 colheres de sopa de açúcar de coco, demerara ou mascavo
  • 1/3 xícara de chá de farinha de aveia ou de farinha de amêndoas

 

Modo de preparo:

  1. Em um processador ou liquidificador, bata o amendoim até formar uma farinha bem fina;
  2. Transfira-o para uma tigela e adicione a farinha, o açúcar e o óleo de coco;
  3. Misture tudo muito bem com auxílio de uma espátula, até formar uma mistura homogênea;
  4. Utilize um molde no formato que desejar para dar forma. Pode inclusive esticar a massa em uma forma quadrada ou retangular e cortar em quadrados, para facilitar;
  5. Leve as paçocas à geladeira por 20 minutos e pronto!

 

Rendimento: 20 unidades.
Calorias: 150 calorias, em média, por unidade.
Validade: até uma semana em temperatura ambiente e até 15 dias na geladeira.

Nutrientes e benefícios para atletas

 

Ao fazer uma paçoca caseira é possível tirar mais proveito dos benefícios do amendoim, rico em vitaminas, sais minerais e ômega-3 — Foto: Unsplash

Ao fazer uma paçoca caseira é possível tirar mais proveito dos benefícios do amendoim, rico em vitaminas, sais minerais e ômega-3 — Foto: Unsplash

Essa paçoca você pode comer sem culpa. A receita indicada pela médica leva amendoim torrado e sem sal, um tipo de açúcar menos refinado e sem aditivos químicos, de preferência de coco, farinha de aveia ou amêndoas e uma colher de sopa de óleo de coco. Ou seja, essa é uma paçoca gostosa e mais saudável. Nela, o amendoim ganha seu merecido destaque. Conforme comenta a nutróloga, essa é uma leguminosa rica em:

  • Vitaminas E e do Complexo B;
  • Sais minerais como potássio, magnésio, cálcio e ferro;
  • Antioxidantes como resveratrol;
  • Fitoesteróis;
  • Carboidratos complexos;
  • Gorduras insaturadas (boas), como ômega-6 e ômega-3.

 

Para aletas, vale destacar que o amendoim é rico em potássio e magnésio, que são fundamentais para o funcionamento muscular de quem pratica exercícios regularmente. E ele é fonte ainda de resveratrol, que reduz o estresse oxidativo
— Karla Confessor – Médica nutróloga

Essa paçoca caseira, portanto, é uma ótima opção não apenas para alegrar as festas de junho e julho. Karla Confessor afirma que atletas e pessoas que praticam exercícios podem recorrer a ela no pré-treino, dado que amendoim é uma fonte boa de carboidrato.

– A paçoca não deixa cheio antes do treino e seu consumo é muito prático. Ela também conta com fibra, que gera saciedade e diminui a fome. Além de não conter aditivos, sal e conservantes, é produzida com açúcar com menor índice glicêmico e com um menor processo de refinamento – enfatiza Confessor.

Fonte: Karla Confessor é médica nutróloga formada pela Universidade Gama Filho, com mestrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-graduação pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas