Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Pacientes reclamam do fornecimento de kits incompletos de insulina em Araçatuba

Publicado

em

Pacientes reclamam do fornecimento de kits incompletos de insulina em Araçatuba

Materiais têm custo alto e diabéticos alegam que Estado está entregando kit sem todos os itens.

Pacientes diabéticos que fazem tratamento com insulina, em Araçatuba (SP), estão com dificuldades para conseguir o medicamento do Estado. Para aplicar a insulina, eles precisam utilizar um kit de alto custo que deveria ser fornecido gratuitamente pelo governo. Algumas pessoas estão sem o kit completo há mais de um ano.

A farmacêutica Isabela Risk descobriu que tinha diabetes há 11 anos e, há quatro anos, utiliza um aparelho fixado na pele que envia doses de insulina para o organismo automaticamente durante o dia.

Mas, para o tratamento funcionar, a farmacêutica depende de um kit que custa, em média, R$ 2 mil por mês. Ela precisou entrar na Justiça para conseguir de graça pelo governo do Estado, mas alega que o kit sempre chega incompleto, faltando algum item.

“Nos últimos quatro meses não recebemos mais nada, só reservatório e a fita”, afirma a farmacêutica.

Sem medicamento, diabético pode ter agravado o problema (Foto: Reprodução/TV TEM)

Sem medicamento, diabético pode ter agravado o problema (Foto: Reprodução/TV TEM)

O mesmo problema é compartilhado pelo atleta Guilherme Pereira. Há 3 meses o kit dele está vindo sem a insulina. Todas as vezes que falta algum item, ele precisa ligar no Departamento Regional de Saúde para ver se chegou e a situação é sempre a mesma.

“Há três meses que não vem o medicamento, tem de ficar ligando perguntando se chegou ou não”, afirma Guilherme.

A médica Regina Querino da Silva afirma que a falta de algum tem no kit pode prejudicar a saúde do paciente. “Se o paciente não tiver um desses medicamentos não consegue fazer o tratamento, precisa da insulina para a sobrevivência”, diz a médica.

O Departamento Regional de Saúde de Araçatuba,  informou que a Isabela tem recebido insulina regularmente. Porém, a paciente alega que há 4 meses que não recebe nada.

Em relação aos itens do kit que estão faltando, o Estado disse que está em fase de aquisição e tem cobrado os fornecedores. Afirmou ainda que assim que o material chegar, vai entrar em contato com os pacientes.

mais lidas