Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Onda de frio deve atingir Sul, Sudeste, Centro-Oeste e parte da região Norte

Publicado

em

Onda de frio deve atingir Sul, Sudeste, Centro-Oeste e parte da região Norte

Forte massa de ar polar vinda da Argentina derruba temperaturas nesta semana pelo país. Há possibilidade de geada e até neve em Santa Catarina; Rio Grande do Sul já registrou neve granular.

chegada de uma forte massa de ar polar vinda da Argentina deve trazer uma onda de frio ao Brasil a partir desta segunda-feira (17). As quedas mais intensas nos termômetros estão previstas para os estados da região Sul do país, com possibilidade de registro de temperaturas negativas, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe), nas áreas de serra do Rio Grande do Sul e Santa Catarina haverá condições para formação de geada e até neve em alguns pontos isolados, além de possibilidade de ventos fortes e risco de mar agitado. As cidades de Canela, Gramado e Caxias do Sul, na serra gaúcha, e Palmeira das Missões registraram queda de neve granular.

Temperatura em Porto Alegre cai de 28 para 8 graus

Temperatura em Porto Alegre cai de 28 para 8 graus

Ainda conforme as previsões, esse ar frio vai se deslocar pelo país durante os próximos dias, derrubando as temperaturas na região Sudeste e atingindo também os estados do Amazonas, Acre, Rondônia e Mato Grosso do Sul e grande parte de Mato Grosso.

  • Veja a previsão do tempo na sua cidade

De acordo com a Climatempo, o frio intenso começou no domingo (16) sobre o centro-norte e leste da Argentina e no Uruguai, avançando depois sobre o Paraguai e a Bolívia até chegar ao Brasil. Esta massa de ar polar poderá a mais forte a agir sobre a América do Sul neste ano.

Segundo o Serviço Nacional Meteorológico da Argentina, Bariloche registrou recorde de temperatura negativa, com os termômetros chegando a -25,4ºC. O número anterior era de 30 de junho de 1963.

Até agora, a menor temperatura registrada no Brasil em 2017 foi de -5,7ºC em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, no dia 26 de junho.

Previsão aponta geada em quase todo o Sul até parte de MS

Previsão aponta geada em quase todo o Sul até parte de MS

Centro-Oeste

Em Mato Grosso do Sul, houve quedas também nas temperaturas. A mínima do estado nesta manhã foi de 5°C, registrada em Ponta Porã. O céu amanheceu nublado em quase todas as regiões e em alguns locais teve garoa. As temperaturas continuam caindo e podem chegar perto de zero grau por conta de uma massa de ar polar muito forte, segundo o meteorologista Natálio Abrahão Filho.

Já em Mato Grosso, a frente fria derrubou temperatura em Cuiabá e mínima pode chegar aos 9º C, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, as temperaturas devem ser ainda mais baixas. A previsão é que a mínima seja de 1º C nesta terça-feira, com a máxima chegando aos 18º C.

No Distrito Federal, o que tem mexido com a percepção de frio do brasilienses são os ventos, que estão mais fortes e intensos neste ano. “Em termos numéricos, a temperatura não está mais baixa que em outros anos. O que se mostra é que as massas [de ar frio] estão vindo mais fortes da região de origem”, segundo o meteorologista Manoel Rangel.

Passo Fundo teve chuva congelada nesta segunda-feira (17) (Foto: Reprodução/RBS TV)

mais lidas