Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Olimpiedro: Pedro Canisio se testa em seis esportes que estão nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Publicado

em

Olimpiedro: Pedro Canisio se testa em seis esportes que estão nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Aproveitando o clima das Olimpíadas de Tóquio, no Japão, o jornalista Pedro Canisio se aventurou em alguns esportes olímpicos que estão em disputa do outro lado do mundo, na maior competição do planeta. Uma série de reportagens foi apresentada na programação da Rede Paraíba de Comunicação, com ele desbravando um pouco mais sobre seis modalidades: o tiro com arco, a vela, o atletismo, o caratê e os lançamentos de dardo e de disco.

Com a cara e a coragem, Pedro, é claro, procurou ajuda de profissionais de cada um desses esportes e deixou que sua curiosidade o conduzisse a um aprendizado diferente e bem divertido. Ele não foi até o Japão, é verdade, mas não deixou de praticar o mínimo do que cada uma dessas modalidades olímpicas, representadas também por brasileiros nas arenas, mares, pistas e tatames asiáticos, pode oferecer como experiência, mesmo que de forma muito rápida.

Vamos acompanhar como foi a experiência do jornalista e entender um pouco mais sobre cada um desses esportes?

Tiro com arco

 

O tiro com arco não é das modalidades mais populares das Olimpíadas, mas está entre as mais antigas disputadas. Com o arco e a flecha como instrumentos protagonistas, armas também utilizadas em guerras na Idade Média, esse esporte estreou nos Jogos Olímpicos de Paris, em 1900, mas só se consolidou nesta competição em 1972, em Munique, na Alemanha. O objetivo principal consiste em atirar flechas com o auxílio de um arco num alvo circular. No entanto, existem outras marcações que, de acordo com cada posição, ajudam também na somatória dos pontos.

Em Tóquio, o tiro com arco estará entre os nove novos eventos de gênero misto, ao lado do atletismo, do judô, do tiro, da natação, do tênis de mesa e do triatlo.

Vela

 

Até o ano 2000, a modalidade vela era chamada de iatismo. Ela, inclusive, faz parte do programa olímpico da era moderna desde a primeira edição dos Jogos, em Atenas, no ano de 1896. A estreia oficial deste esporte aconteceu em Paris, em 1900. Apenas seis anos depois, a vela começou a ganhar certa visibilidade no Brasil.

Nas Olimpíadas, a modalidade possui entre 10 e 12 regatas, que varia conforme a classe. E existe uma curiosidade e tanto em meio à fórmula de disputa. É que, na vela, o sistema de pontuação acontece de forma inversa. Ou seja, o campeão é aquele que acumular o menor número de pontos.

"Olimpiedro": conheça mais sobre a vela, um dos esportes nas Olimpíadas de Tóquio

“Olimpiedro”: conheça mais sobre a vela, um dos esportes nas Olimpíadas de Tóquio

Atletismo

 

O atletismo e suas muitas categorias esportivas é a modalidade mais antiga das Olimpíadas, disputada pela primeira vez em Atenas, em 1896. É ele também o esporte mais antigo da história, conhecido também como esporte-base. Isso porque as suas vertentes oferecem os movimentos mais comuns (corridas, lançamentos e saltos) para as pessoas desde a Antiguidade.

Algumas curiosidades precisam ser destacadas sobre o atletismo, de acordo com a Comitê Olímpico do Brasil: o campeão dos 100m rasos é considerado o atleta mais rápido do mundo; o vencedor de uma maratona é o mais resistente; os atletas lançadores são tidos como os mais fortes; o vencedor do decatlo é visto como o mais completo; o martelo é uma bola metálica ligada por um cabo de aço a uma empunhadura que o atleta usa para lançar.

Na série Olimpiedro, Pedro Canisio participa de um desafio com Petrucio Ferreira, paratleta mais veloz do mundo. Confira:

Olimpiedro: Pedro Canisio desafia Petrucio Ferreira nas pistas de atletismo

Olimpiedro: Pedro Canisio desafia Petrucio Ferreira nas pistas de atletismo

Caratê

 

Esporte introduzido no Brasil através da chegada de imigrantes japoneses no começo do século XX, o caratê é uma arte marcial de autodefesa, sem armas de qualquer espécie, e significa “mão vazia”.

Faixa vermelha nesta modalidade, Pedro Canísio, é claro, esteve mais familiarizado para apresentar um pouco deste esporte e das muitas técnicas e estilos desenvolvidas nos tatames.

Olimpiedro: faixa vermelha no caratê, Pedro Canisio "testa" mais um esporte olímpico

Olimpiedro: faixa vermelha no caratê, Pedro Canisio “testa” mais um esporte olímpico

Lançamento de dardo e de disco

 

Modalidades do atletismo, o lançamento de dardo e de disco, é claro, tem lá as suas diferenças. Primeiro que o dardo tem forma de lança e pode ser de fibra de vidro, de metal ou de carbono. O objetivo é tão somente lançá-lo o mais longe possível após a corrida de aproximação do atleta, que varia de 7 a 13 passos. Mesmo depois de arremessar, o atleta pode ser desclassificado se ultrapassar a marca da zona de lançamento.

O lançamento de disco também tem o intuito de que o atleta lance o instrumento o mais distante que possa. Para isso, ele conta com três tentativas. Somente os oito melhores lançadores tem a chance de lançar em outras três oportunidades. O disco tem medidas e pesos distintos para homens e mulheres, podendo ser de madeira ou de outro material adequado, obrigatoriamente com bordas arredondadas. Parece simples, mas Pedro Canísio não se deu tão bem com ele, não. Confira no vídeo:

Olimpiedro: Pedro Canísio aprende o lançamento de dardo

Olimpiedro: Pedro Canísio aprende o lançamento de dardo

.

.

.

Fontes: G1 – Globo.

mais lidas