Siga nossa Redes

Sem categoria

Óleo ressurge em Aracaju duas semanas após litoral sergipano ser dado como limpo

Redação

Publicado

em

Óleo ressurge em Aracaju duas semanas após litoral sergipano ser dado como limpo

Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) está monitorando as novas manchas que chegaram às praias da capital

O litoral de Sergipe chegou a ser considerado livre das manchas de óleo , em anúncio feito pela Frente Unificada do estado, no dia 28 de janeiro, mas a questão voltou a preocupar. Durante o último final de semana, foram feitos novos registros de manchas em mais de uma praia de Aracaju.

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) está monitorando a situação após vestígios de petróleo serem encontrados Molhe da Coroa do Meio, na Praia do Viral, nas praias do Refúgio, Robalo, Aruana, Cinelândia e nas praias da Atalaia e dos Artistas. De acordo com o órgão, algumas das substâncias são restos das primeiras aparições, mas também há manchas novas.

No último dia 28, a Frente Unificada de Sergipe, gabinete de crise formado por representantes de órgãos ambientais, governo e Marinha, anunciaram a dissolução do grupo, por considerarem que a situação estava sob controle, tanto que a faixa litorânea do estado foi dada como limpa.

Sem respostas

As manchas de óleo começaram a aparecer no Nordeste em agosto do ano passado, mas os primeiros registros no território de Sergipe foram apenas no dia 24 de setembro.  A origem do derramamento continua incerta.

O caso está sendo investigado pela Marinha e pela Polícia Federal, mas não há nenhuma conclusão até o momento. Em entrevista recente ao Jornal Nacional, o porta-voz da Marinha disse que a apuração não tem dia ou mesmo ano para acabar. Existe uma suspeita sobre o navio grego Bouboulina , mas foram encontradas inconsistências no relatório que embasou a Operação Mácula, da Polícia Federal.

 

 

 

iG

Publicidade
Publicidade

mais lidas