Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Colunistas

Obra em andamento!

Publicado

em

Fernanda Trigueiro

Por Fernanda Trigueiro*

Obra em andamento!

 

“Você gosta da história que está construindo?”. Tomei um susto quando ouvi isso em um programa de televisão. Como eu, uma pessoa tão questionadora, nunca tinha pensado nisso? Olhei para trás. Fiz minha própria retrospectiva e depois de refletir muito cheguei a uma conclusão: a vida é construída todo dia.

Ninguém sai de casa pensando que vai sofrer um acidente ou que vai levar um tombo no meio da rua.  Ninguém levanta da cama sabendo que naquela tarde vai receber a proposta de emprego tão esperada. Nenhuma pessoa acorda e pensa que era o dia de encontrar o amor. As coisas apenas acontecem…

Ter o controle de tudo tiraria a graça que é viver. Por outro lado, não ter a noção que a vida é agora nos faz viver no modo “espera”. Adíamos sonhos e vamos sempre deixando para amanhã. Amanhã que pode não chegar. É clichê, mas é verdade.

“A vida é curta pra ser pequena”.  Viver não é extraordinário. Não adianta ficar na expectativa de acontecimentos grandiosos. Viver esperando é deixar de viver. A vida é simples. Mais simples do que se imagina. E aí quando você se dá conta, tanta coisa passou e já é tarde.

Nossa história é construída por segundo. É como se cada momento fosse um tijolinho. Um por um é colocado e aos poucos a construção vai sendo erguida… com a gente também é assim. Não adianta teimar, ninguém recebe um aviso do tipo “Ei! Viva! Está é a vida!”.

Por isso, faça fazer sentido pra você. Use logo a roupa nova. Brinde sem ter motivos. Se presenteie, se ame, se orgulhe. Faça exclusivamente por você e se sinta realizado. E se for fazer um balanço para saber se está satisfeito com o que vem construindo assim como eu fiz, lembre das suas conquistas. Talvez um dia você desejou ter tudo que tem. Sonhou em estar onde está.

Se cobre menos, se orgulhe mais. Relembrar a nossa própria história é importante neste processo. Dá energia e combustível para continuarmos vivendo. A sua construção está em andamento. Se vai ser um muro ou um castelo não importa. A decisão é sempre do dono da obra. Só não se esqueça que tudo começa igual – com um simples tijolinho.

mais lidas