Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Novas internações por Covid-19 caem na Grande SP e média móvel é a menor desde o início de 2022

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Média foi de 307 internações por Covid-19 na região metropolitana da capital neste sábado (19), menor número deste ano. Indicador para o estado inteiro também está em queda.

As novas internações por Covid-19 na Grande São Paulo apresentaram tendência de queda nos últimos dias. Neste sábado (19), a média móvel de hospitalizações pela doença atingiu o menor número desde o início do ano. Os dados são da Secretaria Estadual da Saúde.

Foram 307 internações na região metropolitana da capital neste sábado (19), em média. O número é menor do que o verificado no início de janeiro, quando a média era de 342 internações diárias na região. No pior momento da pandemia, em março de 2021, essa média chegou a ser de 1.819 hospitalizações por dia.

Após um longo período de queda, as internações por Covid-19 voltaram a subir entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 com a chegada da variante ômicron, e chegaram a uma média de 776 novas hospitalizações diárias em 28 de janeiro.

Desde então, o indicador está em queda na Grande São Paulo. Os números do estado inteiro também mostraram uma desaceleração nas internações por Covid-19, mas a média de internações, neste caso, ainda não é a menor de 2022.

Pressão no sistema

 

No pior momento da pandemia, em abril de 2021, o estado chegou a registrar mais de 13 mil pacientes em leitos de UTI. O sistema entrou em colapso e mais 500 pessoas morreram no estado à espera de uma vaga.

Neste ano, o avanço da cobertura vacinal da população contribuiu para que a ômicron provocasse menos casos graves. Mas isso não significa que o sistema de saúde não foi pressionado.

Além do desgaste dos profissionais de saúde e redução das equipes por afastamento por Covid, há menos leitos disponíveis na rede pública do que no ano passado.

Conforme mostrou levantamento realizado pela TV Globo, em 2022, a taxa de abertura de leitos de UTI não acompanhou a taxa de aumento das internações provocada pela chegada da ômicron.

Mortes e casos

 

Teste de Covid em UBS de São Paulo. — Foto:  RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Teste de Covid em UBS de São Paulo. — Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

As mortes e casos por Covid-19 também estão em leve queda no estado de São Paulo. Neste sábado (19), a média móvel diária de mortes é de 242. A variação é de -2% em comparação com 14 dias atrás, o que indica tendência de estabilidade, segundo especialistas.

Já a média móvel diária de novos casos é de 13.070 neste sábado. O número é 8% menor que o verificado há 14 dias, o que também aponta estabilidade.

.

 

.

 

.

G1

mais lidas