Siga nossa Redes

Esportes

Nathan Adrian é campeão pela primeira vez após recuperação do câncer

Redação SP

Publicado

em

Nathan Adrian é campeão pela primeira vez após recuperação do câncer

Nadador americano, dono de oito medalhas olímpicas, é ouro em GP na Califórnia e se aproxima da vaga olímpica; em 2019, teve câncer no testículo e ficou um semestre sem nadar

O fim de semana foi importante para a carreira do nadador americano Nathan Adrian, dono de oito medalhas olímpicas, cinco delas de ouro, e que se prepara para tentar a vaga em Tóquio. No domingo, ele venceu os 100m livre no GP de Mission Viejo, na Califórnia, sua primeira vitória em uma grande competição desde que foi diagnosticado com câncer no testículo, em janeiro de 2019.

O atleta, de 32 anos, marcou o tempo de 48s74 na competição que reuniu alguns dos principais velocistas americanos da atualidade. Essa marca o deixa embalado para tentar uma vaga nas Olimpíadas durante a seletiva americana, marcada para o fim de junho. Ele, neste momento, é o quarto colocado do ranking nacional nos 100m livre e o sexto nos 50m livre.

– Os 100 metros livre sempre foram meu foco. Os 50m livre meio que vem junto, no embalo. Provavelmente irei me concentrar nos 50 metros livre um pouco mais para o fim da carreira, porque acho que você pode diminuir um pouco as horas treinadas. Cheguei aqui na competição pesado pela fase de treinamento e nadei em 48s. Isso foi muito mais do que a minha expectativa- comentou.

Nathan Adrian nos 100m livre em GP nos EUA — Foto:  Maddie Meyer / Getty Images

Nathan Adrian nos 100m livre em GP nos EUA — Foto: Maddie Meyer / Getty Images

Em janeiro 24 de 2019, Adrian anunciou que foi diagnosticado com câncer testicular, passou por duas cirurgias e voltou à competir cinco meses depois. Naquele mesmo ano, conquistou cinco medalhas nos Jogos Pan-Americanos e outras três no Campeonato Mundial.

Em entrevistas recentes, Adrian disse que perdeu explosão, principalmente nas viradas que têm que fazer durante as provas, quando bate na parede e pega impulso.

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte.

Publicidade
Publicidade

mais lidas