Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

“Não há evidências de fraude”, diz representante da Comissão Eleitoral dos EUA

Publicado

em

"Não há evidências de fraude", diz representante da Comissão Eleitoral dos EUA

Representante disse que há “pouquíssimos denúncias” de supostos crimes eleitorais

Uma das representantes da Comissão Federal Eleitoral dos Estados Unidos , Ellen Weintraub, afirmou neste sábado (7) que “não há nenhuma evidência de fraudes” ou de “votos ilegais” nas eleições norte-americanas .

Em entrevista à “CNN”, Weintraub afirmou que há “pouquíssimas denúncias” de supostos crimes, mas que nenhum deles foi confirmado até o momento.

“Oficiais estaduais e locais e trabalhadores das eleições por todo o país realmente se reforçaram. Há pouquíssimas denúncias substanciais, deixe-me colocar desse jeito. Não há nenhuma evidência de nenhum tipo de fraudes . Não há evidência de votos ilegais sendo contados. De fato, e você nem precisa levar minha opinião em conta, porque as pessoas por todo o país, especialistas em eleições apartidários, vieram e lidaram com essa eleição e como ela foi conduzida”, disse Weintraub à “CNN”.

Apesar de não citar nomes, a fala da representante da Comissão foi uma clara referência ao presidente e candidato à reeleição, Donald Trump, que desde o dia 3 de novembro está atacando a contagem de votos recebidos por correios porque eles estão beneficiando o seu adversário, o democrata Joe Biden.

Neste sábado, o republicano voltou a usar as redes sociais para acusar, sem nenhuma prova , que há “dezenas de votos ilegais, que foram recebidos após às 20h do Dia das Eleições”. Por sua vez, Biden vem pedindo “paciência” aos norte-americanos para que todos os votos sejam contados.

Até o momento, o democrata lidera a disputa pelos delegados do Colégio Eleitoral, com 253 contra 213 de Trump, e está na frente na apuração de quatro dos seis estados que ainda estão apurando votos: Geórgia, Nevada, Pensilvânia e Arizona. O atual mandatário lidera no Alasca e na Carolina do Norte.

.

 

.

 

.

 

IG

mais lidas