Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Mulher fica paraplégica após ser baleada em assalto forjado e pago por ex-marido

Publicado

em

Mulher fica paraplégica após ser baleada em assalto forjado e pago por ex-marido

Segundo investigações, homem teria desembolsado cerca de R$ 18 mil para acertar ataque no local de trabalho da ex-mulher

Um caso de assalto a uma farmácia na cidade de Iguape, no litoral do estado de São Paulo, no último dia 16 de outubro ganhou novos contornos após as investigações da polícia apontarem para uma tentativa de feminicídio que deixou paraplégica uma mulher que trabalhava no local após ela levar um tiro que atingiu sua coluna.

Segundo informações do portal G1, a balconista Ingrid Mendonça Ribeiro, de 34 anos, que sofreu lesões após a bala se alojar em seu quadril, era o alvo dos criminosos que invadiram a farmácia em que ela trabalhava. Porém, a mudança de rumo na investigação, e o surgimengo da informação de que havia sido o ex-marido da vítima o mandante do crime, só foi possível após a prisão de um dos envolvidos.

Os bandidos foram perseguidos pela polícia logo após o ataque e acabaram se envolvendo em um acidente. O motorista morreu no local, mas o comparsa foi preso e confessou o recebimento de R$ 18 mil das mãos de Andrews Ribeiro de Oliveira Martiniano, que não aceitava o divórcio após cinco anos de casamento e começou a perseguir Ingrid.

Segundo familiares, Andrews chegou a ameaçar a ex algumas vezes e até a agredi-la, algo que só foi descoberto quando eles se separaram. Em entrevista ao portal, um parente que não quis se identificar disse ainda que o acusado chegou a estrangular a ex-esposa em certas ocasiões e era “possessivo”

Além do falso assaltante e de um intermediário que contratou a dupla, o ex-marido também foi preso e, em depoimento, confessou o crime, mas disse que se arrependeu no meio do caminho. Entretanto, ouviu dos bandidos que já não poderia “voltar atrás”.

Já Ingrid, que auxiliou nas investigações após recobrar a consciência no hospital, teve que passar por cirurgia para a retirada do projétil e agora busca ajuda para conseguir dar continuidade no tratamento . Ainda de acordo com a publicação, alguns parentes criaram uma vaquinha virtual para que ela possa comprar uma cadeira motorizada com ajuste para posição ortostática e um guincho que a ajude a sair da cama.

.

.

iG

mais lidas