Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Motorista que atropelou e matou jovem e criança em SP é menor e ganhou carro de aniversário

Publicado

em

Motorista que atropelou e matou jovem e criança em SP é menor e ganhou carro de aniversário

Polícia afirma que já o identificou, mas ainda não conseguiu localizá-lo. Caso ocorreu em Santos, no litoral paulista.

A Polícia Civil afirma que já identificou o motorista que atropelou e matou a estudante Isabel Cristina Rodrigues, de 18 anos, e o sobrinho dela, Enzo Henrique Siqueira Ricardo, de 2, em Santos, no litoral de São Paulo. Ele é menor de idade, mas ainda não foi localizado pelos investigadores. O adolescente, de 17 anos, ganhou o carro do pai, como um presente de aniversário antecipado, já que ele completa a maioridade em dezembro.

Na terça-feira (31), Isabel levava o sobrinho no colo, quando foi atingida ao atravessar fora da faixa de pedestres a Avenida Doutor Waldemar Leão, no bairro Jabaquara. O menino morreu no local e o motorista fugiu, após abandonar o carro. A jovem morreu na madrugada de quarta-feira (1º), no hospital.

“As investigações já estão bem adiantadas. Ao que tudo indica, ele [o motorista] é menor de idade. O condutor já foi identificado e, agora, estamos no aguardo. A família quer apresentá-lo”, informou o delegado Carlos Henrique de Souza, do 2º Distrito Policial, responsável pelas investigações.

Motorista, menor de idade, aparece colocando a mão na cabeça após atropelamento (Foto: Reprodução)

Motorista, menor de idade, aparece colocando a mão na cabeça após atropelamento (Foto: Reprodução)

Segundo a autoridade policial, as conclusões do inquérito serão encaminhadas à Vara da Infância e Juventude, para que o promotor e o juiz possam definir o destino do adolescente. Souza acredita que o menor deverá ser internado na Fundação Casa, após comprovada a participação dele no crime.

Ainda na quarta-feira, o delegado registrou o depoimento do ex-proprietário do carro que atropelou as vítimas fatais. A apresentação voluntária, explicou o advogado Armando de Mattos Junior, ocorreu depois que dúvidas recaíram sobre ele e após diligências da polícia para localizá-lo.

“Nós fomos lá provar para o delegado que o veículo não lhe pertence mais. O documento foi averbado no cartório no último dia 25, comprovando que o veículo foi vendido para outra pessoa. O ex-proprietário não estava nesse carro em hipótese alguma”, afirmou.

Segundo informações, o comprador do carro foi o pai do adolescente, um empresário da cidade. O veículo foi um presente de aniversário antecipado, já que o jovem completa 18 anos no próximo mês.

Despedida

Os corpos de Isabel e Enzo foram velados e sepultados na tarde de quarta-feira, também em Santos. “A gente vê muito isso na televisão, mas nunca espera que vai acontecer com a nossa família. A sensação é de impotência”, desabafou o tio do menino e cunhado da jovem, o fotógrafo Vinicius Henrique, de 30 anos.

Vinicius foi um dos primeiros a chegar ao local do acidente após o atropelamento. “Eu vi o Enzo ali no asfalto, e não tinha o que fazer. Ele ali, machucado, foi algo muito forte para mim. Ele faria três anos agora no domingo, e nós tivemos que trocar os presentes dele pelas flores do velório”.

O fotógrafo espera que o motorista se apresente à polícia. “A gente sabe, e eu sou bem realista. O Brasil é um país onde não se tem justiça. Quem fez isso vai responder em liberdade, pois já fugiu do flagrante. Seria menos pior se ele tivesse se entregado na delegacia logo depois e tivesse explicado o que fez”.

Velório de tia e sobrinho ocorreu na Santa Casa de Santos, SP (Foto: G1 Santos)

Velório de tia e sobrinho ocorreu na Santa Casa de Santos, SP (Foto: G1 Santos)

Protesto

No início da noite de quarta-feira, moradores do Morro do Fontana, onde viviam as vítimas, realizaram um protesto no local do acidente. O tráfego de veículo no túnel que interliga a região central da cidade ao bairro Jabaquara foi interrompido. Um caminhão foi atravessado na pista e pneus foram incendiados nos dois sentidos.

Os moradores pediam que seja instalada uma faixa de pedestres no local, em razão do grande fluxo de pessoas, uma lombada para reduzir a velocidade dos veículos ou, até mesmo, uma passarela. O objetivo é evitar novos acidentes que, segundo os moradores daquela região, são rotineiros e comuns, como o ocorrido na terça-feira.

A Polícia Militar foi acionada e utilizou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes. Houve um princípio de confusão. A via só foi reaberta após aproximadamente duas horas de protesto. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo na barricada. Não há informações de feridos ou detidos após o ocorrido.

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que entende o clamor dos moradores, mas é importante registrar que a via é sinalizada e possui um radar próximo da área do acidente. Segundo a prefeitura, não seria possível faixa na saída do túnel porque isso acentuaria o risco de acidentes, cuja estatística hoje demonstra ser baixo.

Por outro lado, a prefeitura esclarece também que, no início do ano, as mães dos estudantes foram consultadas e optaram pelos atuais pontos de parada do ônibus escolar, inclusive a mãe do menino infelizmente vitimado. Diante do fato, a Secretaria de Educação, por determinação do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, convocará novamente as mães para reverem os locais de embarque e desembarque das crianças.

Ônibus foi incendiado em Santos, SP (Foto: Reprodução)

Ônibus foi incendiado em Santos, SP (Foto: Reprodução)

Por volta das 20h, um ônibus foi incendiado do outro lado do túnel, na Rua São Bento, nas proximidades da Rodoviária de Santos. Segundo a PM, foram os mesmos manifestantes que protestaram em razão da morte de Isabel e Enzo, mais cedo, e que foram dispersados após intervenção do Batalhão de Ações Especiais (Baep).

Imagens

Segundo informações da polícia, o veículo que atingiu as vítimas foi abandonado nas proximidades do local do acidente, após o condutor e um acompanhante pararem por alguns momentos em um posto de combustíveis. O flagrante foi registrado pelo sistema de monitoramento do estabelecimento. Na imagens, é possível ver o motorista saindo do automóvel, juntamente com o passageiro, aparentemente desesperado com o que ocorreu. Instantes depois, ele sai com o carro.

Veículo foi abandonado pelo condutor nas proximidades (Foto: Rodrigo Nardelli/G1)

Veículo foi abandonado pelo condutor nas proximidades (Foto: Rodrigo Nardelli/G1)

De acordo com informações, Isabel foi encaminhada para o hospital em estado grave e passou por uma série de procedimentos e cirurgias durante a madrugada desta quarta-feira, para tentar reverter o quadro crítico.

A Santa Casa de Santos informou que a jovem deu entrada na emergência com traumatismo cranioencefálico e foi submetida a exame de tomografia para avaliação da equipe de neurocirurgia. Segundo apurado, a jovem teve também sérias lesões nos pulmões, precisou ter o baço retirado e fraturou o fêmur. No início da manhã desta quarta-feira, Isabel faleceu no hospital.

Isabel Cristina Rodrigues, de 18 anos, morreu após ser atropelada (Foto: Arquivo Pessoal)

Isabel Cristina Rodrigues, de 18 anos, morreu após ser atropelada (Foto: Arquivo Pessoal)

mais lidas