Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Motorista acusado de embriaguez que atropelou 5 atletas e matou um na USP em 2014 é condenado a 18 anos e sai preso de tribunal

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

O motorista que atropelou cinco atletas e matou um na Universidade de São Paulo (USP), na Zona Oeste de São Paulo, em 2014, foi julgado e condenado nesta quinta-feira (31) a uma pena de 18 anos de prisão em regime fechado. O réu, que respondia aos crimes em liberdade, foi preso pela Justiça logo após a leitura da sentença.

O pedreiro Luiz Antônio Conceição Machado, de 50 anos, foi considerado culpado pelo homicídio por dolo eventual (aquele no qual se assume o risco de matar) contra Álvaro Teno, de 67 anos à época, e pelas quatro tentativas de assassinato: Contra três mulheres e um homem que sobreviveram, mas ficaram gravemente feridos naquela ocasião.

O réu foi acusado pelo Ministério Público (MP) de dirigir seu carro embriagado, em alta velocidade, tentar fugir do local do atropelamento e não prestar socorro às vítimas. Todas corriam numa as avenidas da USP em 16 de agosto de 2014, quando foram atingidas pelo Toyota Corolla dele.

O júri popular ocorreu no Fórum Criminal da Barra Funda, também na Zona Oeste da capital. A maioria dos sete jurados votou pela condenação de Luiz Antônio. Em sua sentença, a juíza Michelle Porto de Medeiros Cunha Carreiro determinou ainda a prisão do motorista.

“A juíza deu 18 anos e mandou prender o réu”, disse o promotor Rogério Leão Zagallo ao g1 sobre o acusado após o julgamento. “Ele foi condenado em todos os cinco crimes. Missão cumprida”

.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas